Setur (MG) lança primeiro plano de mobilidade turística do país em Minas Gerais

0
Imagem: Divulgação

Visando efetivos benefícios à regionalização do turismo mineiro, a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais lança, nesta terça-feira (20), o projeto de mobilidade turística – Modal Minas Gerais, que propõe interligar os transportes aéreo e viário realizados por ônibus, vans ou carros executivos com os destinos turísticos do estado. A resolução que regulamenta o projeto foi publicado no Diário Oficial de Minas Gerais no dia (10) de novembro

A ideia central é viabilizar linhas de transporte turístico de interligação dos aeroportos aos principais destinos do Estado. Num primeiro momento, o projeto beneficiará as cidades localizadas até 300km do perímetro dos aeroportos, conectando voos domésticos e internacionais aos destinos e eventos do estado, sem que haja a necessidade do turista se deslocar até a rodoviária.

O projeto Modal é o primeiro plano de mobilidade turística do país e será capaz de gerar aumento de 2,5 milhões de novos turistas em Minas Gerais. Seu pioneirismo o transforma em um importante marco regulatório da política de turismo e com a completa implantação, os turistas poderão ter uma experiência positiva de mobilidade com segurança, conforto e rapidez.

Dados da Pesquisa de Demanda, realizada pela Setur-MG, em 2017, revelam que dentre os insatisfeitos com a viagem a Minas Gerais, 22,7% mencionaram problemas com relação ao deslocamento rodoviário. A dificuldade de deslocamento entre as cidades foi destacada como o principal motivo de não visitar outra cidade mineira.

Além de facilitar a mobilidade turística e solucionar problemas sinalizados pelos visitantes, a expectativa é de que o projeto fomente a economia regional e local, atraindo um número cada vez maior de visitantes para o estado por meio do deslocamento interligado. “Nosso objetivo é fazer com que os turistas sejam beneficiados e que a cadeia produtiva do turismo também saia ganhando por meio do fortalecimento desse setor para a economia local, gerando novas oportunidades”, defende o secretário.

As empresas de transporte turístico e as companhias aéreas que tiverem interesse em participar do projeto deverão se inscrever no sitio eletrônico (www.turismo.mg.gov.br) e preencher o formulário online. Para o primeiro ano do projeto, as empresas de transporte turístico deverão encaminhar os documentos listados até dia 30 de novembro de 2018. Já para as companhias aéreas o prazo de inscrição estará permanentemente aberto.

As empresas parceiras das agências de turismo receptivo habilitadas no Programa Minas Recebe poderão se cadastrar como empresas de transporte turístico para oferecer rotas às principais cidades turísticas de Minas, sendo que a venda dessas viagens será feita online e também nos próprios aeroportos, hotéis e locais de concentração turística.

A Setur-MG atuará em sua devida competência de planejar, coordenar e fomentar as ações relacionadas ao turismo, cabendo a cada um dos parceiros cumprir com o que lhe compete dentro de um desenho macro coordenado pelo poder público. “Estamos apostando fortemente nessa iniciativa que é única no país, e com certeza deixará um legado importante para o Estado” afirma o secretário Paulo Almada.

Ascom Setur (MG)