Pensadores do turismo brasileiro concorrem prêmio do MTur

0
Imagem divulgação

Conheça e vote em um dos cinco professores que estão na final do Prêmio Nacional do Turismo 2018 pela categoria “Academia”

Por Geraldo Gurgel

Eles pensam, pesquisam e ensinam turismo no Brasil e também no exterior. Cinco professores disputam o destaque da categoria Academia do Prêmio Nacional do Turismo 2018, que será concedido pelo Ministério do Turismo com base em votação popular.

Os concorrentes chegaram à final após seleção da comissão julgadora, de acordo com o edital público da premiação. As indicações foram feitas pelas entidades que compõem o Conselho Nacional de Turismo. Para conhecer melhor o perfil dos finalistas e dar o seu voto, clique aqui.

Alexandre Panosso Netto tem pós-doutorado em Turismo pela Universidade Miguel de Cervantes, na Espanha, e atua no curso de Lazer e Turismo da Universidade de São Paulo (USP), onde coordena o projeto de doutorado em Turismo. O professor participa de várias instituições científicas e de pesquisa em turismo no Brasil e exterior. Entre outros reconhecimentos, ele recebeu os prêmios de literatura JABUTI, na categoria Turismo e Hotelaria (pelo livro “Turismo de Experiência”), e de Jovem Pesquisador da ANPTUR. É autor, coautor e organizador de mais de 25 livros teóricos e práticos de turismo. Panosso é um defensor da necessidade de uma educação para o turismo.

Bayard do Couto Boiteux é doutor honoris causa em ciências turísticas pela Universidade de Nápoles, na Itália, mestre em educação com ênfase em turismo, além de especialista em eventos, marketing turístico, legislação turística e planejamento turístico. O professor é dedicado à formação dos turismólogos e atua em diferentes instituições de ensino e pesquisa de turismo do Rio de Janeiro. Ele é técnico da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur) e autor de 28 livros sobre o tema. Bayard Boiteux já foi agraciado com o prêmio Golden Helm.

Eduardo Mielke é estudioso e defensor das políticas de regionalização do turismo e tem pesquisas e publicações sobre o tema, com ênfase nos municípios. É dele o mapa das políticas de turismo em cidades com presença de Convention & Visitors Bureau. O professor também apresentou estudo sobre análise e tendências das políticas públicas nas áreas de eventos, tecnologia da informação e da comunicação, economia compartilhada e criativa. Ele criou, ainda, o centro de excelência em turismo da Arábia Saudita, direcionado para o desenvolvimento de políticas públicas associadas ao mercado.

José Manoel Gândara tem estudos e pesquisas em turismo pela Universidade Federal do Paraná e em diversas universidades da Espanha sobre a definição de modelos de operação para destinos turísticos inteligentes no Brasil e no exterior. Atualmente, o professor participa do projeto de análises e propostas para os atrativos do Complexo Turístico Itaipu, no Paraná. Coordena o Observatório de Turismo do Paraná e a implantação da Rede Brasileira de Observatórios de Turismo, além da elaboração do Plano Estratégico de Marketing Turístico do Paraná 2018-2026.

Selma Batista é doutora em Geografia pela Universidade de São Paulo (USP). A professora da Universidade do Estado do Amazonas coordena o Doutorado em Turismo e Hotelaria e lidera o Grupo de Pesquisa do Observatório de Turismo da UEA. Ela criou o roteiro turístico inclusivo, em Libras, do Bosque da Ciência, em Manaus; desenvolveu pesquisa sobre a oferta do transporte fluvial de passageiros de grande porte pelos rios no estado do Amazonas; e o projeto de proteção do rio Mindu, em Manaus, aplicando metodologia de Turismo Pedagógico com a participação das escolas e das comunidades ribeirinhas nas ações de educação ambiental ao longo do igarapé.

SOBRE O PRÊMIO – Para votar entre na página do Prêmio Nacional do Turismo e escolha um dos cinco finalistas da categoria Academia. Aproveite para votar também nos indicados das outras quatro categorias: Iniciativa Privada, Governo, ONGs e Imprensa e Mídia.

A cerimônia de entrega do prêmio aos vencedores será realizada a partir das 19h do dia (5) de dezembro, no Rio de Janeiro, com transmissão ao vivo pelas redes sociais do MTur. Clique aqui para acessar os editais com todas as regras do Prêmio Nacional do Turismo 2018.

Ascom MTur