A Feira de Alta Tecnologia da China 2018 com o tema “Novo Conceito de Desenvolvimento para um Crescimento de Alta Qualidade” será realizada no Centro de Convenções e Exposições de Shenzhen de (14) a (18) de novembro de 2018

Desde sua estreia em 1999, a CHTF, conhecida como a “exposição de tecnologia número 1 da China”, tornou-se um espaço importante para o setor de alta tecnologia do país e a plataforma mais eficiente do comércio de alta tecnologia. Em seu 20º aniversário, a CHTF convidará os fãs da tecnologia de todo o mundo para rever a história do evento e o desenvolvimento extraordinário da indústria da alta tecnologia na China nos últimos 20 anos através da “Galeria do Tempo”, que integra a riqueza de documentos históricos utilizando diversos métodos de apresentação.

A CHTF 2018 apresentará exposições nacionais de alta tecnologia, exibições abrangentes e profissionais. As exposições nacionais de alta tecnologia são organizadas pelos ministérios nacionais. As exposições abrangentes exibirão produtos trazidos por empresas, universidades, instituições de pesquisas científicas, centros de inovação e de incubação. As exibições profissionais abrangerão as áreas de TI, conservação de energia, proteção ambiental, novas energias, construções verdes, novos materiais, medicina inteligente, ciência aeroespacial e tecnologia, fotoeletricidade, cidades inteligentes, processos de fabricação avançados, integração militar e civil, tecnologia sensorial e aplicações de TI.

Mais de 1.000 tecnologias e produtos novos farão sua estreia na feira, incluindo o dispositivo de demonstração da terapia por prótons desenvolvido pelo Instituto de Física Aplicada de Xangai e a primeira solução de auto direção do mundo com radar a laser.

Su Yanwei, vice-diretor do Comitê de Organização da CHTF disse que a CHTF 2018 proporcionará uma área de exposição de mais de 120.000 metros quadrados e atrairá um recorde de 61 delegações de exposições, e acima de 3.000 expositores de 41 países ou instituições internacionais, incluindo os 36 países da iniciativa “Belt and Road”. Nações da América Latina e do Caribe demonstram um interesse especial neste ano com as primeiras exposições do Chile, Cuba e Peru. Haverá também dezenas de delegações de expositores profissionais estrangeiros incluindo a Aliança 4.0 da Indústria Sino-Germânica, a Organização do Comércio Exterior do Japão e a delegação de Daeje on da Coreia.

Adicionalmente, um grande número de autoridades governamentais, especialistas renomados, acadêmicos e executivos de empresas comparecerão à feira, inclusive autoridades sêniores da Argentina, Bélgica, Suíça e Rússia; executivos sêniores da Microsoft, Amazon, SAP, Accenture e Philips, além de ganhadores do prêmio Nobel, intelectuais e economistas.