Programação tem espetáculos, palestra e exposição. Apresentações começam na quinta (26) e seguem até o sábado (28).

O Teatro Municipal Severino Cabral (TMSC) comemora o Dia Mundial do Teatro com uma programação envolvendo espetáculos, palestra e exposição em Campina Grande. A programação começa na quinta-feira (26) e segue até o sábado (28). O Dia Mundial do Teatro é celebrado no dia 27 de março, data que foi criada em 1961 pelo Instituto Internacional do Teatro.

Na quinta-feira, o espetáculo ‘O Amor Venceu’, com texto de Zíbia Gasparetto e apresentação do grupo Ramakriya Produções Artísticas, de São Paulo, será apresentado no palco principal do teatro. Os ingressos estão sendo vendidos aos preços de R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada) na bilheteria da casa de espetáculos.

Na sexta-feira (27), às 18h, haverá a reabertura da Sala Evandro Barros, espaço destinado para apresentações de espetáculos, performances, dança, música, exposições e outras expressõs artísticas. A reabertura ao público será feita gratuitamente com a aparesentação do espetáculo ‘Queixas Noturnas’, texto de Augusto dos Anjos apresentado pelo ator José Valdecy Nabude.

Ainda no Dia Mundial do Teatro, às 20h, o espetáculo ‘Mambem-bê-a-bá: sem rir, sem chorar’ volta aos palcos. Com texto de Diógenes Maciel e direção de Duílio Cunha, a apresentação é realizada pela Associação Amigos do Teatro Municipal Severino Cabral. Os ingressos são vendidos ao preço único de R$ 10.

A programação do sábado (28) será marcada por duas palestras. A primeira palestra será feita por técnicos do Sebrae, com o tema ‘Tirando Dúvidas sobre Micro Empreeendedor Individual – MEI’, às 14h. Em seguida, o Sindicato dos Artistas fala sobre ‘O que preciso para solicitar meu DRT’. As palestras possuem entrada franca e acontecem na Sala Paulo Pontes.

Exposição

Ainda dentro das comemorações do Dia Mundial do Teatro, no hall principal do TMSC, está em cartaz a exposição fotográfica ‘Remake Obras de Arte’, dos alunos do curso de publicidade e propaganda de uma faculdade particular de Campina Grande. O trabalho foi feito durante a disciplina de Estéticas e Linguagens Midiáticas e consiste de uma releitura de obras de artes clássicas fazendo uma ligação com a realidade atual. A exposição permanece no teatro até o dia 31 de março.

G1