A segunda melhor avaliação em infraestrutura foi para os serviços de táxi, com 90,4% de indicações, revela estudo da Copa do Ministério do Turismo

A segurança pública foi o item de infraestrutura mais bem avaliado pelos turistas estrangeiros que estiveram no Brasil durante a Copa do Mundo. A aprovação ficou em 91,9%, segundo levantamento realizado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE).

Se considerada a avaliação dos serviços turísticos, a segurança perde apenas para a hospitalidade do povo (97,4%) e a diversão noturna e gastronomia, ambos com 93,4% de aprovação, além dos restaurantes (92,8%).

No levantamento foram entrevistados 10.513 visitantes em 12 aeroportos e dez postos de fronteira terrestre. Foram avaliados 11 itens relacionados à infraestrutura e 10 referentes aos serviços turísticos.

A segunda melhor avaliação do turista estrangeiro para a infraestrutura das cidades foi a dos serviços de táxi, com 90,4% de indicações, seguido do transporte público, com 90%.

A infraestrutura aeroportuária (89,5%) e as instalações dos aeroportos (79,8%), a limpeza pública (83,8%), a sinalização turística (81,2%) e as rodovias (75,6%) também foram aprovadas pelo turista internacional da Copa. Os demais itens (câmbio, lojas e serviços dos aeroportos e telecomunicações) ficaram entre 69,6% e 61,6%.

Estrangeiros de 203 nacionalidades visitaram 491 municípios no período de realização da Copa do Mundo, o que significa que cada turista visitou uma média de 2,8 municípios.

MTur
Foto: Divulgação