Por Teresa Duarte

A Paraíba desponta na área do turismo religioso em vários municípios e o período que antecede o feriadão da Semana Santa, é favorável para os romeiros e religiosos. Em Boqueirão, praticamente em meio à caatinga do Cariri Paraibano, rochedos se destacam com imagens de santos tendo como pano de fundo um céu belíssimo na Gruta de Lourdes, construída em uma propriedade privada, sendo atrativo para os romeiros.

unnamed
Gruta de Lourdes

O local revela uma história de fé e perseverança, que foi iniciada quando a filha de José Guilherme, proprietário das terras, começou a ter visões em que Nossa Senhora de Lourdes lhe aparecia dizendo que ele devia erguer um santuário naquele local. Então, José Guilherme, que já havia alcançado uma graça decidiu seguir a orientação da Santa e transformou o local na Gruta de Lourdes, que recebe toda semana grupos de orações para manter viva a fé e agradecer graças alcançadas.

Mas é na região do brejo paraibano onde o turismo religioso desponta, oferecendo atrativos em quase todos os seus municípios. Guarabira se destaque nessa área, tendo como principal atração o Santuário e a estátua do Frei Damião, que mede cerca de 34 metros de altura, dando uma bela visão aos romeiros, já que ela pode ser avistada de qualquer ponto da cidade.

O monumento possui ainda um museu, que foi montado com a consultoria da Fundação Joaquim Nabuco, casa de ex-votos, praça de celebração, capela e Via Sacra. Além de objetos pessoais, fotografias e artigos religiosos, o museu dispõe ainda de várias estátuas em tamanho natural, as quais reproduzem aspectos da vida do Santo das Missões.

Guarabira também oferece uma viagem ao tempo onde o turista pode observar peças raras ligadas ao universo artístico da Igreja Católica. Isso é proporcionado com uma visitação ao Museu de Arte Sacra Fernando Cunha Lima, cujo acervo consta de sino, esculturas de santos, vestes, livros sagrados, confessionário e até mesmo de um púlpito, local dentro de uma igreja onde são proferidas as leituras da Bíblia Sagrada.

IMG_0014
Complexo do Santuário do Padre Ibiapina – Museu

Os religiosos admiradores do trabalho missionário do Padre Ibiapina, podem reviver momentos históricos no Santuário Padre Ibiapina. Instalado no município de Solânea, o lugar, além da beleza natural e clima agradável da região do brejo paraibano, transmite paz aos turistas que ali procuram conviver um pouco sobre o trabalho e vida do Padre. A área onde fica instalado o Santuário Padre Ibiapina foi doada pelo Major Antônio José da Cunha, na primeira metade do século XIX. As terras e a casa grande da fazenda Santa Fé foram repassadas para que o Padre Ibiapina fundasse um hospital de caridade em favor das vítimas da epidemia da cólera.

O complexo do santuário é formado pela casa onde o Padre morou, Casa dos Milagres, Igreja, Mausoléu do Padre Ibiapina, Museu, Casa de Caridade fundada em 1866, refeitório e alojamentos coletivos, cujo espaço hoje é usado para retiros, encontros e seminários. A principal obra do Padre Ibiapina foi a Casa de Caridade, local de acolhimento das pequenas órfãs, meninas que recebiam uma educação completa sendo preparadas para serem boas esposas e mães de família. A primeira casa foi fundada em 1865, sendo construída ao todo no Nordeste 22 casas e na Paraíba 10.

No município de Areia o turismo religioso também é um forte atrativo. O turista que passar em Areia e não conhecer sua história religiosa perde um encanto que encanta os olhos, em momentos de descontração vividos no Museu da Arte Sacra. Através do projeto desenvolvido pela Associação dos Amigos de Areia (Amar), jovens foram treinados por restauradores nacionais e cerca de cinco mil peças podem ser vistas no Museu, que foi contemplado com o prêmio Rodrigues de Melo.

A Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos é um forte atrativo aos religiosos, situada em frente à Praça Ministro José Américo de Almeida, não somente pela construção do estilo arquitetônico que vigorou durante três séculos a partir de nossa colonização, bem como por sua história. A sua construção partiu da iniciativa de uma irmandade de pessoas negras, sendo erguida pelos escravos que na época, eram proibidos de freqüentar uma igreja no mesmo ambiente de convivência com as pessoas brancas.

Roteiro do Turismo Religioso da Paraíba

O Sebrae-PB tem um projeto de movimento territorial que visa formatar o roteiro religioso na Paraíba, fazendo levantamento de capelas e outros pontos significativos nessa linha. De acordo com Regina Amorim, gestora de Turismo do Sebrae-PB, a intenção é fazer um mapeamento do Litoral ao Sertão dessas área para transformá-las em turismo de vivência e experiência.

Na visão de Regina o turismo religioso na Paraíba precisa ser melhor explorado. “Nós precisamos fazer um mapeamento para traçar um roteiro do turismo religioso na Paraíba porque ele precisa ser melhor explorado. Um exemplo disso é os caminhos do Padre Ibiapina, que não está seguindo a trajetória religiosa, sendo usado como praticante de trilhas do ecoturismo. Então, nós temos que resgatar esses pontos”, informou.

Saiba Mais:

Boqueirão: Situa-se a 170 km quilômetros da capital João Pessoa. O acesso é feito pelas rodovias BR 230/BR 104/PB 148.

Atrativo: Gruta de Lourdes – Fazenda Campo Verde no Distrito do Marinho.

Guarabira: Situa-se a 98 quilômetros da capital João Pessoa, a 100 quilômetros de Campina Grande, maior cidade do interior paraibano; a 198 quilômetros de Natal, a capital do Rio Grande do Norte; e a menos de 250 quilômetros do Recife, a capital de Pernambuco.

Atrativos: 

Museu de Arte Sacra Fernando Cunha Lima – Informações (9172-5961)

Memorial Frei Damião – Informações (3271-2016)

Solânea: Situa-se a 130 km de João Pessoa. O acesso é feito, a partir de João Pessoa, pelas rodovias BR 230/BR 041/PB 105.

Atrativos: Santuário Padre Ibiapina – Localizado em Santa Fé, povoado que faz parte do município de Solânea (a 13km do centro), e não de Arara como muitos pensam, os limites entre os municípios é o Rio Jacaré Amarelo. No santuário existe um refeitório e alojamentos coletivos, quartos duplos, triplos e quadruplos. O espaço é usado para retiros, encontros e seminários. Informações (3369-1202)

Areia: Situa-se a 121 km de João Pessoa partindo da BR-230 (88km) em direção à Campina Grande; PB-079 (33km) à direita.

Atrativos: Museu da Arte Sacra de Areia –  Rua Vigario Odilon, 75 Centro.

Igreja do Rosário – fica em frente à Praça Ministro José Américo de Almeida, no Centro.

 

Fotos: Teresa Duarte