A publicação digital colaborativa será destaque em encontro que reúne países ibero-americanos na Colômbia. O portal permite avaliar e consultar atrativos e serviços acessíveis

O programa Turismo Acessível será apresentado como caso de sucesso do Brasil no Encontro Ibero-Americano sobre Desenvolvimento Sustentável e Turismo: Boas Práticas. O evento é promovido pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento e a Fundação ACS, da Espanha – e será realizado em Cartagena das Índias, na Colômbia, de 15 a 17 de abril.

Durante os três dias serão realizadas mesas redondas com assuntos relacionados ao objetivo geral do evento, que é fomentar as oportunidades do turismo como motor de desenvolvimento sustentável e inclusivo. A previsão dos organizadores é reunir cerca de 50 representantes de países como o Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, Cuba, México, Guatemala, Peru, Equador, Nicarágua, Argentina, Costa Rica, Paraguai, Honduras e El Salvador.

“A sustentabilidade da atividade turística é um tema que interessa a todos os países, especialmente aos que buscam no turismo respostas para seus desafios socioeconômicos. Neste contexto, o programa de acessibilidade é um exemplo bem sucedido de ação inclusiva e sustentável”, disse o ministro do Turismo, Vinicius Lages.

O diretor de Produtos e Destinos do Ministério do Turismo (MTur), Wilken Souto, falará sobre o programa na mesa redonda Acessibilidade como vantagem competitiva para os destinos turísticos. A ênfase será no Guia Turismo Acessível, publicação digital cujo caráter colaborativo permite aos usuários avaliar e consultar a oferta de atrativos e serviços acessíveis, como hotéis, pontos turísticos, restaurantes, entre outras, para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. 

“O evento é uma oportunidade de apresentar os avanços do MTur e conhecer as experiências sobre sustentabilidade e acessibilidade no turismo de outros países. Nossa participação é um reconhecimento às ações que o Brasil vem desenvolvendo sobre o tema “, diz Souto. No mesmo bloco serão apresentados o Manual de Turismo Acessível para Todos, pela Organização Mundial do Turismo (OMT); ações nas Missões Jesuíticas, pelo Paraguai; e o Programa de Acessibilidade de Patrimônio Nacional, pela Espanha.

O programa Turismo Acessível é coordenado pelo Ministério do Turismo e tem como parceiros a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República do Brasil e o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. 

MTur
Foto: divulgação