Trade apoia Vinicius Lummertz para assumir Ministério de Integração Nacional

0
Alexandre Sampaio, presidente do Conselho Nacional de Turismo da CNC e do FBHA, ao lado de Sonia Chami, presidente do RioCVB, já tinha visitado Jair Bolsonaro na semana anterior à eleição - Foto: Divulgação

O presidente eleito Jair Bolsonaro já decidiu os 15 Ministérios que farão parte de seu governo a partir do dia (1°) de janeiro de 2019. Entre eles, o Ministério de Integração Nacional, que também englobará as pastas das Cidades e do Turismo. E agora começa uma mobilização do trade turístico, entre líderes e players, para que Vinicius Lummertz, atual Ministro do Turismo, assuma o Ministério de Integração Nacional no governo de Jair Bolsonaro.

Em entrevista ao M&E, Alexandre Sampaio, presidente do Conselho de Turismo da CNC e do FBHA, afirmou que o MTur acabou se saindo bem já que fará parte de um ministério que terá um super orçamento e que Integração Nacional, Cidades e Turismo são assuntos sinérgicos. “Dadas as ocupações atuais dos ministérios das Cidades e da Integração Nacional, que salvo engano são ocupadas por interinos, e da percepção de Jair Bolsonaro em escolher técnicos, Vinicius Lummertz acaba reunindo todas as condições para assumir a pasta”, revela Alexandre.

O executivo afirma ainda que Vinicius Lummertz ocupou cargos semelhantes no governo de Santa Catarina e no Sebrae, cargos totalmente ligados ao assunto. “E Lummertz tem uma boa relação com Paulo Guedes e Paulo Marinho, interlocutores do presidente eleito, com boas chances, na minha visão, de ter o nome citado”, revelou Alexandre Sampaio, que está em Brasília já articulando junto ao trade turístico o apoio a Vinicius Lummertz.

Alexandre Sampaio acredita que, embora o governo não tenha cogitado qualquer ligação política para seus ministérios, a composição partidária deve ter algum peso por ser um ministério forte e com um orçamento importante. Embora afiliado ao MDB, Lummertz não é considerado um expoente político, o que na visão de Alexandre Sampaio evita qualquer atrito neste sentido. “Em nome da FHBA e pessoalmente, endosso o nome de Vinicius Lummertz para o Ministério de Integração Nacional. Agora vamos conversar com outras lideranças”.

PERFIL DE VINICIUS LUMMERTZ

Vinicius Lummertz, ministro do Turismo – Foto: Roberto Castro/MTur/Divulgação

Nascido em Rio do Sul, Santa Catarina, Vinicius Lummertz se formou em Blumenau e logo seguiu para Londres, onde concluiu seu A’Levels em Política e Governo e Economia, no D’Overbroeck’s College em Oxford. Logo depois, foi aceito na American University in Paris aonde cursou Ciências Políticas-International Affairs. Além disso, realizou cursos de alta gestão na Kennedy School, da Harvard University, nos Estados Unidos, e no IMD de Lausanne, na Suíça. No Brasil, concluiu o MBA Executivo na Amana-Key. Iniciou Mestrado/ Doutorado na UFSC, em Engenharia e Gestão do Conhecimento ainda não concluído.

Atualmente, Vinicius Lummertz é Ministro do Turismo desde abril de 2018 e foi Presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) de 2015 a 2018, deixando esse cargo para assumir o ministério, além de também presidir o Conselho Nacional do Turismo. Lummertz também comandou a Secretaria Nacional de Políticas de Turismo, entre 2012 e 2015, quando liderou o Plano Nacional de Turismo 2012/2016, e foi Secretário de Turismo, Esporte e Cultura de Florianópolis, além de secretário de Articulação Internacional de Santa Catarina de 2007 a 2010.

Em 2010, também no governo catarinense, assumiu o cargo de Secretário Estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão. Foi em Santa Catarina que Lummertz concebeu, implantou e Presidiu a SC-Par, empresa de participações, projetos especiais e PPP’s do Governo do Estado de SC, entre 2004 e 2006.

M&E