Setur (ES) desenvolve indicador de Desenvolvimento Turístico

0
Coqueiral de Aracruz (ES) - Foto: Yuri Barichivich/Divulgação

A Secretaria de Estado de Turismo do Espírito Santo (Setur – ES), em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), vão desenvolver metodologia para criar o Indicador do Desenvolvimento Turístico dos Municípios do Espírito Santo

“O estudo é um passo importante para reconhecer os municípios turísticos do Espírito Santo e estimular o fomento do turismo como vetor de desenvolvimento econômico local”, explicou a gerente de Gestão do turismo da Setur, Cássia Coppo.

O indicador permitirá visualizar o nível de desenvolvimento da atividade turística de cada um dos 78 municípios do estado, explica a coordenadora da pesquisa, Latussa Laranja. “Ele será construído a partir de informações das próprias cadeias de turismo locais, dentre outras fontes. Os municípios serão agrupados por faixas, permitindo que o Governo implemente, de forma otimizada, políticas adequadas à situação de cada um deles”.

Esse projeto de pesquisa está embasado no documento ‘Orientações Estratégicas do Governo 2015-2018’, que alinha o turismo, a cultura e o esporte, como áreas de resultado, para que o Espírito Santo possa alcançar um patamar de estabilidade aliado ao crescimento sustentado.

O planejamento estratégico posiciona o turismo como uma das políticas públicas com articulação no combate à violência e no fortalecimento da cultura, contribuindo para a promoção social e a diminuição da desigualdade por meio dos avanços sociais.

“A Fapes tem priorizado alguns temas de elevado interesse para o governo estadual e para a comunidade em geral. Com isto, a temática do turismo tem tomado relevância e está em plena expansão, o que faz da pesquisa uma ferramenta indispensável”, destacou o diretor-presidente da Fapes, José Antônio Bof Buffon.

Dados serão utilizados para políticas publicas no setor

O objetivo do indicador de Desenvolvimento Turístico é disponibilizar dados de cada município para que a administração utilize informações na gestão para implementação de políticas públicas do turismo, contribuindo, assim, mais assertivamente para o setor no Estado. O estudo está em fase de desenvolvimento da metodologia, a previsão é de que os pesquisadores iniciem os trabalhos de campo em janeiro de 2019.

A metodologia na construção do indicador mais adequado, para medir a atividade turística, utilizará de outras metodologias similares, com aproximação ao caso capixaba, para compor o Sistema de Classificação dos Municípios Turísticos, a ser implementado na Setur.

Como resultado será entregue um instrumento para a melhoria da eficiência das políticas de investimento dos municípios capixabas, atuando na promoção de novas oportunidades de negócios e consequente geração de empregos.

Setur (ES)