Novo ministro diz que presidente eleito entendeu que Turismo está no centro da agenda econômica

0
Marcelo Álvaro Antonio, novo ministro do Turismo - Foto: Divulgação

O futuro ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, segue embarcado no MSC Seaview para a reunião da Frente Parlamentar de Turismo (Frentur) e para conhecer os ambientes e atrações do maior navio de cruzeiro da história do Brasil. Ao lado do atual ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, e de autoridades dos mais diversos setores do turismo, Marcelo Álvaro concedeu sua primeira entrevista coletiva nesta quarta-feira (5)

Além de prometer “acabar com os gargalos” que atrapalham o desenvolvimento do setor, Marcelo Álvaro afirmou que o presidente eleito Jair Bolsonaro entende muito bem a importância do turismo. “A gente sabe que o Brasil é o país com o maior potencial turístico do mundo em recursos naturais. E a prioridade de uma pasta vai justamente pela sensibilidade do chefe do executivo. Jair Bolsonaro entendeu que o Turismo estará no centro da agenda econômica do Pais. Tendo este apoio, conseguiremos avançar em várias questões, como o próprio orçamento do ministério, que já foi de R$ 2,4 bilhões e é atualmente de apenas R$ 1 bilhão. A Câmara dos Deputados, por sua vez, também estará ao nosso lado, com o líder Herculano Passos à frente na articulação de projetos, o que trará desregulamentação do setor para que possamos avançar”, revelou Marcelo Álvaro.

DESAFIOS

O novo ministro do Turismo sabe dos desafios que terá pela frente. “Como a transformação da Embratur em agência, por exemplo, para que possamos ter uma condição melhor de divulgação do País no exterior. A abertura do capital das companhias aéreas brasileiras também pode suprir em parte um problema de logística que temos. já que há 1,7 milhão de quilômetros de estradas e rodovias, dos quais apenas 12% conta com asfalto. A abertura do capital, portanto, pode aumentar a competitividade entre as empresas e, consequentemente, o aumento de rotas e destinos no Brasil. São vários os gargalos, logo vamos trabalhar para avançar com o Turismo e fazer do setor uma mola propulsora do centro do governo para gerar emprego, renda e o desenvolvimento social e econômico”.

APROXIMAÇÃO COM O TRADE

Marcelo Álvaro também comentou sobre a importância da aproximação com o trade turístico neste primeiro dia de contato direto com grandes autoridades. “É um encontro fundamental. Temos representantes de mais de 50 segmentos que aqui hoje estão relacionados diretamente com o setor. É o canal de diálogo sempre aberto, já que ninguém conhece mais as necessidades e o que precisa ser melhorado do que o  pessoal do trade, que vivem o dia a dia. Logo este diálogo vai ser fundamental para construirmos o melhor caminho para este novo momento que o turismo vai viver no Brasil, para isso precisamos ter o canal sempre aberto”, revelou o ministro.

CONTINUIDADE DOS PROJETOS DO MTUR

Com relação a transição da pasta, de Vinicius Lummertz para Marcelo Álvaro, o novo ministro elogiou o atual comandante da pasta no governo ainda de Michel Temer.  “O ministro Lummertz tem feito um excelente trabalho, de continuidade, ligado em vários programas e em várias ações. Vinicius sempre esteve aberto para nos orientar acerca do ministério. Até propôs um seminário na próxima semana para que cada setor do MTur possa fazer uma explanação do que o MTur tem vivido com o ministro Lummertz”, finalizou.

M&E