Encontros da Regionalização ganham marca própria

0
Logo PRT+Integrado - Imagem: Divulgação

As iniciativas compartilhadas entre MTur e interlocutores das instâncias de governança regionais nos estados acabam de ganhar uma “marca” própria. As ações serão identificadas com a logo PRT+Integrado, que designa o objetivo do Programa de Regionalização do Turismo em aprimorar o diálogo, a interlocução e a troca de experiências entre representantes do setor turístico de todo o país.

A primeira reunião envolvendo integrantes das regiões turísticas ocorreu no início deste mês, em Brasília, quando o MTur sediou encontro com a presença de grupos técnicos de Goiás, Minas Gerais e Paraíba. Na ocasião, o exemplo bem-sucedido de gestão do Circuito do Ouro, formado por 15 cidades mineiras, foi exposto a administradores das instâncias das áreas Pegadas do Cerrado e Águas e Cavernas (GO) e Trilhas dos Potiguaras (PB).

Nos encontros do PRT, os participantes conhecem oportunidades de apoio proporcionadas pelo Ministério do Turismo em áreas como infraestrutura, eventos e qualificação. O secretário nacional de Estruturação do Turismo, José Antônio Parente, explica que o PRT+Integrado busca reforçar a estruturação, o acompanhamento e o fomento de políticas públicas. “Vamos ter um contato mais direto não só com estados, mas com regiões, para que todos possam conhecer mais de perto o trabalho do MTur”, enfatiza.

As reuniões permitem o alinhamento de ações, a exemplo da atualização do Mapa do Turismo Brasileiro, além da divulgação de iniciativas do MTur, como o Prodetur+Turismo e o Fungetur. Segundo a coordenadora-geral de Mapeamento e Gestão Territorial do Turismo da Pasta, Ana Carla Moura, a participação de instâncias favorece o melhor diálogo entre o MTur e os interlocutores regionais, bem como o intercâmbio de experiências das ações desenvolvidas por esses colegiados. “A ideia é receber, de cada vez, de duas a seis instâncias por estado, sempre com a presença de uma instância com mais experiência e tempo de formalização, para dar suporte às que estão instituídas e pretendem se formalizar”, adianta.

Os próximos encontros com representantes de regiões turísticas ocorrerão no mês de outubro e em novembro o PRT+Integrado realiza uma nova reunião nacional dos interlocutores estaduais do PRT. Construído a partir de oficinas participativas e lançado há 12 anos, o Programa de Regionalização do Turismo tem como foco a gestão descentralizada do turismo. A ferramenta define diretrizes para a sua implementação, visando à estruturação de destinos, a qualificação e a diversificação da oferta turística nacional.