Big Boss da Fórmula 1 confirma GP do Brasil em Interlagos em 2020

0
Fórmula 1 (Ferrari SF90) - Foto: Divulgação

A disputa entre São Paulo e Rio de Janeiro para ver quem sediará o GP do Brasil de Fórmula 1 em 2020 está grande. Chase Carey, presidente executivo da Formula One Management (FOM), que é quem controla os direitos comerciais da categoria, disse em entrevista, que a corrida seguirá em São Paulo na próxima temporada de 2020, contrariando assim, as intenções do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que anunciou que seria no Rio de Janeiro.

“Temos um acordo firmado com São Paulo para 2020. Temos uma boa relação com São Paulo, mas temos que resolver o que fazer em 2021. Estamos em negociações com ambas as cidades e apreciamos o interesse das duas, já que o Brasil é um mercado importante para nós e uma parte importante de nossa história”, disse Carey ao UOL.

Atualmente, o GP do Brasil é uma das duas etapas do campeonato – ao lado de Mônaco – que não paga a taxa de 20 a 25 milhões de dólares para receber a categoria anualmente. O contrato especial, firmado pelo ex-chefe da F1, Bernie Ecclestone, não agrada o atual comando da FOM, que pretende mudar o acordo.

A Prefeitura de São Paulo espera Chase Carey em junho para prosseguir com as negociações. Atualmente, o autódromo de Interlagos passa por reforma nas áreas dos boxes para se modernizar e receber melhor as equipes da Fórmula 1 e os jornalistas. O autódromo do Rio de Janeiro, na região de Deodoro, ainda não começou a ser construído, mas os promotores afirmam que o projeto está adiantado, mesmo sem o processo de concessão da área concluído.

 

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here