Produtos da agroindústria do Espírito Santo conquistam mercado internacional

0
Vera Lúcia Monteiro Barcelos e outras cooperadas da Cooperativa Agroindustrial (AGROCOOP) - Foto: Marcelo Prest/Divulgação

Bananas-passas feitas em Cariacica começam a ganhar o mercado internacional

A busca por novos produtores rurais para ingressarem na Cooperativa Agroindustrial do Espírito Santo, a Agrocoop e em contrapartida, produtores rurais em busca de vender seus produtos, fez com que Vera Lúcia Monteiro, presidente de uma associação, a 7M, formada por sete mulheres que trabalham com derivados da banana, em Cachoeirinha, comunidade rural localizada próximo a Cariacica, decidissem se unir.

Apesar da produção da Associação 7M ainda ser pequena, essa união já vem dando bons frutos e os produtos da Associação prometem alcançar novos mercados como Rússia, Dubai e Bangladesh, onde os produtos estão sendo muito bem aceitos e a expectativa do presidente da Cooperativa é que, em breve, sejam exportadas cinco toneladas de bananas-passas, para cada um desses países.

“A Agrocoop foi criada em 2015 com o objetivo principal de agregar valor em cima dos produtos dos nossos cooperados e vendê-los por um preço melhor. Ao invés de vender a banana somente in natura, por exemplo, começamos a comercializá-la como banana-passa, banana-passa orgânica com chocolate meio amargo e farinha de banana. Esse trabalho nós fazemos também com diversos outros produtos, como café, cacau e uva”, explica o presidente da cooperativa, Wellington Pompermayer.

Segundo, Vera Lúcia, presidente e uma das fundadoras da Associação 7M, elas sabiam fazer o produto, mas ninguém tinha uma experiência tão grande com comércio, e com isso, elas tinham dificuldades na hora de vender os produtos. Atualmente, como cooperadas, melhoraram a infraestrutura da Associação, a qualidade do produto, tem certificação e o que produzem logo despacham para a Cooperativa, que se encarrega de vender. Vera sabe que podem produzir muito mais e já pensa em ampliar a agroindústria.

Redação