Decolar passa a oferecer pagamento com boleto parcelado

0
Alexandre Moshe, diretor-geral do Decolar (Decolar/Divulgação)

Nova modalidade é fruto de uma parceria com a fintech Koin, que já tem outros parceiros no setor, como o Viajanet. Há isenção de juros até o dia (20)

O Decolar, maior site de viagens do país, começou a oferecer a opção de pagamento com boleto parcelado em até 12 vezes. A nova opção é fruto de uma parceria com a fintech Koin, especializada nessa solução de pagamento para e-commerces.

A startup faz uma análise de crédito e de fraude da transação em segundos, usando os dados informados no cadastro do cliente. Assim, assume o risco de inadimplência do consumidor. Outros sites de viagens, como o Viajanet e o Hurb, também possuem parceria com a Koin para oferecer aos clientes a opção de pagamento com boleto parcelado.

A Decolar não vai cobrar juros no parcelamento com boleto até o dia (20) de junho. A iniciativa é para comemorar a nova parceria com a Koin e o aniversário de 20 anos do site de viagens. Depois desse período, o consumidor vai pagar uma taxa de 1,89% ao mês e, se não quitar os boletos em dia, pagará multa de 2% e juros de 1% ao mês.

As taxas são mais baixas que as do cartão de crédito, que podem chegar até 16% ao mês para parcelamento — e até 25% ao mês para quem não paga em dia, segundo o Banco Central.

“Entendemos que como uma empresa líder precisamos pensar em soluções para todos os perfis de clientes. Existem viajantes que não possuem conta bancária ou cartão de crédito ou ainda aqueles que não querem comprometer seu limite. Nesses casos, esse produto se encaixa muito bem. Além disso, dar a opção de não comprometer o limite do cartão de crédito é mais uma forma de garantir tranquilidade e uma melhor experiência de viagem para nossos clientes”, afirma Alexandre Moshe, diretor-geral do Decolar.

“Oferecer uma experiência rápida, sem burocracia e exposição de dados pessoais financeiros para pagamento parcelado direto no site é pioneirismo do Decolar. Nossa solução tem se mostrado muito aderente às necessidades de grande parte dos brasileiros, uma vez que amplia seu poder de compra”, diz Gabriel Franco, CEO da Koin.

Vale a pena?

Para os clientes, pagar no boleto é uma forma de manter o limite do cartão de crédito liberado para despesas de emergência do dia a dia ou para gastos extras durante a viagem. Esse meio de pagamento também atende um novo público para os sites que vendem viagens: quem não tem acesso a crédito nos bancos.

Se você tem o dinheiro na conta, é sempre melhor pagar a viagem à vista para não comprometer a renda futura. A dica é ainda mais pertinente em momentos de instabilidade na economia, como o atual. O ideal é se planejar e investir em uma aplicação, mas às vezes é difícil e a dívida vale a pena.

Parcelar é uma boa quando o valor da viagem é muito alto, a parcela cabe no orçamento mensal e você não quer comprometer o limite do cartão de crédito para usar em emergências ou durante a viagem. Só a assuma a dívida se tiver certeza que conseguirá arcar com ela.

Para isso, é fundamental saber quanto você ganha e quanto você gasta todo mês. O boleto parcelado só deve ser usado por quem conhece seu orçamento.

 

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here