Ocupa FLIT acontece neste sábado na Costa do Conde

0
Imagem: Divulgação

A Ocupa FLIT acontece no próximo sábado, dia (1º) de dezembro, a partir das 16 horas, no Sítio Tambaba. A entrada é gratuita

Com direção geral assinada por Anastácia e Juca Pontes, o evento conta uma programação intensa, abrangendo todas as áreas da literatura regional, nacional e internacional. Da poesia ao romance, do haicai à literatura de cordel, o público poderá vivenciar todas essas linguagens literárias através de contração de histórias, roda de leitura, bate papo com autores, biblioteca móvel, entre tantas outras atrações.

“A ideia da Ocupa FLIT é trazer o olhar do escritor internacional para a nossa região e aproximar este olhar ao do escritor nacional e regional. Esse encontro será muito significativo, pois dará início a essa convivência que será muito importante, principalmente para que o município de Conde se torne uma cidade leitora”, pontua Juca Pontes.

Atração principal da Ocupa FLIT, o angolano Abreu Praxe tem um vasto currículo acadêmico na área das Letras. Poeta membro da União dos Escritores Angolanos, ele é autor dos livros ”A Chave no Repouso da Porta” (2003) e “O Vento Fede de Luz” (2007). Atualmente, desenvolve pesquisas na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, Ensino de Literatura e nas áreas de Comunicação e Semiótica com ênfase em processos de criação na comunicação e na cultura.

Além da presença internacional do angolano, o evento também conta com a participação do poeta paraibano Sergio de Castro Pinto e da escritora Maria Valéria Rezende, que na ocasião irá lançar o livro “Ninho de haicais”. Os dois autores irão participar de um bate papo com o Abreu Praxe, numa conversa interativa a cerca do tema “As vozes da memória mundo”.

A programação da Ocupa FLIT ainda conta com a participação do Projeto Pôr do Sol Literário, da Confraria Sol das Letras, que terá mediação de Hélder Moura, seguido da apresentação da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, apresentando “A voz do cordel” com os poetas Marconi Araújo, Sander Lee, Fábio Mozart, Thiago Alves e Sander Brown e performance musical de Beto Cajá.

Além de toda a programação literária, a Ocupa FLIT ainda irá contar com exposição artística, apresentação dos grupo folclórico do SESC, com xaxado, coco de roda, dança de salão, trio de forró, cinema, música e muita cultura.

Quem assina toda a curadoria do evento é o poeta português Luís Serguilha e o brasileiro José Goldfarb. “O Serguilha tem um projeto maravilhoso lá em Portugal que se chama ‘Raias Poéticas’ que é todo linkado com a poesia e com essa questão do ser criativo e do ser afetivo. Pensamos também em Goldfarb que foi curador do prêmio Jabuti durante 30 anos. Ambos são iguais a gente, essa coisa de acreditar, de transformar as coisas”, comenta Anastácia Alencar.

Sobre a escolha do Sítio Tambaba para ser palco do primeiro evento da FLIT, Anastácia explica que a proposta base da FLIT é a ‘cultura raiz’, por isso resolveram montar o evento lá. “O local já tem uma história. São mulheres, guerreiras que vieram e realizaram um sonho e hoje é ocupado por pessoas da mesma família cada uma tem uma casinha e isso é bem interessante”, completa.

Para a proprietária do Sítio Tambaba e empreendedora da região, Maria das Neves da Silva, o evento só vem a acrescentar ao local, pois divulga não só a região, como também o trabalhado realizado ale e coloca o sítio como ponto turístico. “A gente começou como um lugar pequeno, era o Doces Tambaba, e eu nunca imaginei que um dia fosse chegar a receber grandes eventos ali dentro. Receber um evento sobre livros é muito emocionante e vai trazer frutos muito bons para nossa comunidade”, afirma.

A prefeita do município de Conde, Márcia Lucena, pontua que a Ocupa FLIT é muito importante para a região, especialmente pelo trabalho que a prefeitura está fazendo de melhoria no processo de ensino e aprendizagem.

“Nós estamos nessa construção, nessa luta com formação de professores e atividades estimulantes para que os estudantes entrem no processo regular de leitura, assim como toda a parte da sociedade que não está na escola, mas que também tem problema de leitura e de alfabetização e quando vem uma festa literária como essa, a gente reforça todo esse processo de trabalho. Então é muito importante para o município de Conde porque nós temos o compromisso de fazer de Conde uma cidade leitora e esse é o passo fundamental pra essa tarefa”, completa.

Ocupa Flit é uma realização da 4 Olhos Comunicação Cultural em parceria com o Sebrae Paraíba, Fecomércio e Prefeitura de Conde, com patrocínio no Bradesco, da Gráfica JB e apoio da Universidade Federal da Paraíba.

Programação Completa

16h – Abertura – performance Suzy Lopes
Boas vindas – Anastácia Alencar e Márcia Lucena
Doação de livros 200 exemplares de obras de vários autores para a escola da comunidade Sítio Tambaba
16h30 – Estande Livraria do Luiz autores paraibanos e livretos de literatura de cordel Grupo Folclórico do Sesc Xaxado, coco de roda, dança de salão, trio de forró
Contação de história e roda de leitura (unidades móveis BiblioSesc)
17h30 – As vozes da memória mundo – bate papo com o poeta angolano Abreu Paxe e com os autores paraibanos Maria Valéria Rezende e Sérgio de Castro Pinto
19h30 – Projeto Pôr do sol literário (Confraria Sol das Letras) mediação Hélder Moura
Lançamento do livro “Ninho de haicais”, de Maria Valéria Rezende
A voz do cordel (Academia de Cordel do Vale do Paraíba) poetas Marconi Araújo, Sander Lee, Fábio Mozart, Thiago Alves e Sander Brown
Performance musical Beto Cajá
20h15 – Sessão de autógrafos com a escritora Maria Valéria Rezende (Livraria do Luiz)
Sessão de cinema – curta metragem (palco multimídia)
20h30 – Exposição Parahybas – curadoria Ednamay Cirilo (Galeria Zé Guilherme – galpão comunidade)
Molduras Poéticas – Zezita Matos e Carlyto Campos
21h – Grupo de capoeira Angola Berimbau Viola
Forró do nosso jeito
DJ Mamulengo

Assessoria