Os alunos do Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes (Prima) se apresentam nesta segunda-feira (30), em Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. No primeiro concerto do ano a reunir vários polos, o destaque será a regência da maestrina inglesa Catherine Larsen-Maguire. O governador Ricardo Coutinho também irá assistir à apresentação, que acontece às 16h, no Teatro Santa Catarina.

Segundo o gestor do Prima, Alex Klein, participam da orquestra e coral os polos de Cabedelo, Mandacaru, Bairro dos Novais, Alto do Mateus e Tibiri, reunindo cerca de 120 alunos. “Os alunos estão muito entusiasmados com a presença de Catherine Larsen-Maguire. Há dois dias, eles ensaiam com ela. É um contato que, certamente, deixará bons resultados tanto no campo profissional quanto na formação da cidadania de cada um deles”, disse.

Ainda de acordo com Alex Klein, a maestrina ficou entusiasmada com o projeto. “Em contato com esses alunos de bairros carentes ela percebeu o quanto o Prima tem feito bem para a formação deles. Eles se comportam da melhor forma possível e demonstram muito interesse pela música, o que a deixou ainda mais encantada. É uma oportunidade que eles estão tendo de que é possível conquistar a igualdade, mesmo nas condições mais adversas”, pontuou.

Repertório – A apresentação desta segunda-feira contemplará obras como Fanfarra para Um Homem Comum, de Aaron Copland, e trechos da cantata Carmina Burana, de Carl Orff. Melodias populares, como a tradicional Mulher Rendeira, do cajazeirense Alfredo José do Nascimento – conhecido por Zé do Norte – também integrarão o repertório regido por Catherine Larsen-Maguire.

Reconhecimento – A maestrina Catherine Larsen-Maguire é a segunda personalidade de destaque na música erudita a visitar o Prima em pouco mais de um mês. No dia 25 de fevereiro, os alunos do projeto, do polo do Alto do Mateus, receberam a presença do violonista Fábio Zanon, um dos mais importantes da música erudita brasileira contemporânea. Zanon veio até João Pessoa fazer a doação de um violão, confeccionado dentro de padrões ecologicamente recomendados, para ser utilizado por alunos e professores durante as aulas no polo.

Maestrina – Nascida em Manchester, e hoje estabelecida em Berlim, Alemanha, Catherine leciona regência orquestral na Universidade das Artes de Berlim. A maestrina também rege concertos, óperas, além de festivais de música na Europa, Estados Unidos e no Brasil, onde é professora de regência no Festival de Música de Santa Catarina (Femusc).

O projeto – Implantado pelo Governo do Estado em 2012, o Prima tem polos em João Pessoa (Alto do Mateus, Mandacaru e Bairro dos Novais), Cabedelo, Bayeux, Santa Rita, Campina Grande, Guarabira, Patos, Cajazeiras, Catolé do Rocha e Itaporanga. Ao todo, são mais de 1,5 mil alunos envolvidos.

Secom PB