Be.Labs realiza Demo Day com empreendedoras especialistas e investidores

0
Be.Labs Aceleradora - Foto: Divulgação

Bateria de pitchs acontece nesta quinta-feira (11), no HUB 360, em Manaíra

Uma oportunidade de compartilhar ideias, corroborar com o negócio, aumentar o networking e receber feedbacks de especialistas sobre o seu empreendimento ou ideia. Assim será a próxima quinta-feira (11) para a primeira turma de empreendedoras do programa Be.Lieve, da Be.Labs, primeira aceleradora de empresas lideradas por mulheres. Para Christian Fujiy, co-fundador da startup, o Demo Day é o dia em que as empreendedoras podem demonstrar todo o aprendizado do processo de aceleração e que estão maduras para entregar soluções para o mercado. “O Demo Day é uma excelente chance de aprender um pouco mais sobre si mesmo, testar suas habilidades de apresentação e, quem sabe, conseguir um investimento para o seu negócio”, detalha Christian. A aceleradora tem a função de conectar as empresas à redes de negócios cuja experiência pode ser utilizada para o crescimento ou troca de informações voltadas ao desenvolvimento da startup.

A iniciativa marca o encerramento da primeira turma do programa Be.Lieve, que significa “acredite”, e teve cinco semanas de duração para incentivar mulheres na fase inicial do negócio. “O nosso propósito é fazer com que as mulheres tenham voz ativa e estejam prontas para gerar mudanças e trazer inovação para a sociedade por meio do seu olhar diverso e inclusivo. Por isso, durante os programas, reforçamos a importância do conhecimento aplicado, do networking e da descoberta de novos horizontes para crescer quebrando barreiras incansavelmente”, declara Christian.

Na oportunidade, as empreendedoras poderão contar com uma banca de  investidores, especialistas e influenciadores. Entre eles, estão a jornalista Dandara Costa, o advogado André Cabral e Gabi Chaves, empreendedora e diretora da Startup Grind João Pessoa. A cientista Milena Arruda, doutoranda em engenharia elétrica pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), e coordenadora do Projeto Engenheiras da Borborema, também integra a banca de especialistas com o investidor  Victor Felipe.

Sobre o Be.Lieve – O programa busca o crescimento profissional por meio de workshops e atividades práticas, focando no desenvolvimento da ideia ou negócio. Na prática,  o “Be.lieve” oferece cinco semanas de pré-aceleração, com direito a autoavaliação profissional e pessoal, modelo visual de negócios, workshops, mentorias individuais, webinar de aspectos jurídicos, início do desenvolvimento do MVP, introdução ao marketing digital e a importância do controle financeiro para as Startups.

Segundo Christian, cada sessão presencial é composta por workshops e metodologias voltados para o desenvolvimento de startups e focados no crescimento pessoal, seguidos por mentorias. “Ao longo do processo, as participantes desenvolvem projetos que serão apresentados no formato de pitch no último módulo. Para isso, elas contam com benefícios práticos, como a identificação de problemas e soluções, mudança de mindset, protagonismo e representatividade”, detalha.

Oportunidades de orientação, mentorias e investimento indiretos são alguns dos benefícios que um programa de pré-aceleração de negócios pode proporcionar às empresas em crescimento. A aceleradora tem a função de conectar as empresas à redes de negócios cuja experiência pode ser utilizada para o crescimento ou troca de informações voltadas ao desenvolvimento da startup.

Outras informações sobre o programa Be.lieve em João Pessoa no site: belabs.club. A Be.Labs Aceleradora fica localizada na Rua Juvenal Mário da Silva, 1145, sala 201, Manaíra, João Pessoa. O telefone é  ‪(83) 99697- 0712. www.belabs.org . Instagram: @be.labs  linkedin: linkedin.com/company/belabsaceleradora