Projeto “Não consigo andar, mas posso voar” promove voos de parapente “de graça” para cadeirantes

0
divulgacao

por Ana Célia

Cerca de 60 cadeirantes foram inscritos para participar deste momento de superação. O Projeto acontece na Praia do Sol, no Litoral Sul da Paraíba, no próximo sábado (19) e domingo (20), com início dos saltos às 08h30 e término às 15h30. O objetivo é incentivar os portadores de deficiência física provocando um olhar mais amplo, ou seja de cima, que os inspire a superar obstáculos, ampliar horizontes, fortalecer a autoestima e trazer motivação

De acordo com o instrutor de voo livre, e também autor do Projeto, Claudio Cardoso, o voo de parapente pode ser feito por pessoas de qualquer idade e que pesem entre 40 e 100 kg. “Existe um grande interesse de cadeirantes pela atividade, mas muitos não têm condições financeiras, por isso lancei o Projeto”, afirmou.

Cláudio é um entusiasta e apaixonado pela arte de voar, “em meus 16 anos de voo, ensinei e apresentei esse esporte a centenas e centenas de pessoas que passaram a ver o mundo de um outro ângulo, sob uma nova perspectiva. Essas experiências e nova forma de olhar o mundo, com certeza trouxeram melhorias em suas vidas e na minha também.

A ideia do Projeto é promover voos gratuitos de parapente para cadeirantes que não têm condições de arcar com o custo. O Projeto recebe doações e o dinheiro arrecadado é usado nos gastos com transporte, alimentação e adaptação de equipamentos.

Para mais informações acesse: www.naoconsigoandarpossovoar.com.br

Instagram: @possovoar

Para contribuir ligue: (81) 99244-5064

 

 

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here