Foto: Kleide Teixeira

Por Alessandra Lontra

Quem me conhece já sabe que a minha mãe nasceu em Pilões, uma pequena e bucólica cidade encrustada no Brejo paraibano. Portanto, toda vez que sou chamada, por qualquer motivo, à cidade, ou a lazer ou a trabalho, vou com muita satisfação; pois lá estão minhas raízes.

E, neste último final de semana, aconteceu em Pilões a 2ª. Etapa do Adventure Tour PB. Fui convidada pela Gestora de Turismo do SEBRAE PB, Regina Amorim, para participar do Fampress cobrir o evento e conhecer o turismo de experiência do Município.

Então, caros leitores, hoje vou levar vocês novamente a Pilões, mas desta vez, vocês irão “viajar” comigo na emoção do 1º Adventure Tour PB, evento que acontecerá em 7 cidades (Lucena, Pilões, Areia, Bananeiras, Boqueirão, Cabaceiras e Conde) e que traz 5 modalidades de esportes de aventura e ecoturismo: bike, 4×4, moto, caminhada e cavalgada. Além dos esportes, cada cidade irá mostrar sua cultura e o seu turismo de experiência.

Bora Ali comigo conferir as experiências em Pilões?!

Nosso guia foi o Tadeu Ferreira, contratado pelo SEBRAE para nos acompanhar durante toda a viagem. Durante o trajeto, Tadeu deu-nos uma verdadeira aula de história sobre a região. Eu o considero um dos melhores guias da Paraíba. Como costumamos dizer, “Tadeuzinho” é uma verdadeira enciclopédia ambulante!

Tadeuzinho, vulgo "Enciclopédia Humana", é consultor do SEBRAE e Guia de Turismo
Tadeuzinho, vulgo “Enciclopédia Humana”, é consultor do SEBRAE e Guia de Turismo

Antes de irmos para Pilões, pernoitamos no Hotel Fazenda Triunfo, em Areia, onde se tem uma infraestrutura melhor para hospedagem. O hotel é belíssimo, com uma vista privilegiada da serra, com quartos amplos e confortáveis e cheio de detalhes elegantes, totalmente regionais, que compõem a decoração.

Após o check-in, fomos recepcionados no Restaurante Azul Histórico pelos proprietários, Maria Júlia e Antônio Augusto que, como sempre, dão um show de simpatia e de hospitalidade. Em seguida, foi-nos servido um delicioso jantar regional com uma carne de sol de “se comer de joelhos”, de tão deliciosa! E também não faltou o autêntico forró pé-de-serra para animar o restinho da noite.

Jantar delícioso no Restaurante Azul do Hotel Triunfo
Jantar delícioso no Restaurante Azul do Hotel Triunfo

Se você procura uma boa gastronomia, conforto e diversão, com certeza uma excelente pedida, em Areia, é o Hotel Fazenda Triunfo!

No dia seguinte, após um café da manhã reforçado servido lá mesmo, seguimos para Pilões afim de nos encontrarmos com a turma de caminhantes e de ciclistas que iriam fazer as trilhas no sábado.

Três mocinhas do amor! Ana Celia macedo, Lourdinha Dantas e Alessandra Lontra
Três mocinhas do amor! Ana Celia Macedo, Lourdinha Dantas e Alessandra Lontra

A Praça João Pessoa, que fica no centro da cidade de Pilões, abriga a linda igreja do Sagrado Coração de Jesus, com seus famosos 47 degraus e é nela que acontecem os grandes eventos da cidade.

Igreja
Igreja do Sagrado Coração de Jesus, com seus famosos 47 degraus

Já chegamos em clima de festa, com a Praça e ruas da cidade tomadas por caminhantes e ciclistas de vários municípios paraibanos que também sediarão outras etapas do Adventure Tour PB. Eles vieram fazer um intercâmbio, com o objetivo de que os municípios participantes dos eventos tanto passados, quanto futuros, se visitem para conhecerem a sistemática do evento.

11149625_1680626208815890_5890642590070692101_o
Muita gente bonita na Praça, muitas conversas com amigos de pedal, amigos da cidade, inscrições, café da manhã servido na praça e apresentação de grupos de street dance de Pilões alegraram o início do evento.

Pablo Roberio e seu pau de selfie
Pablo Roberio e seu pau de selfie

E nesse burburinho na cidade, enfim, chegou a hora de partirmos para as vivências.

Após muitos selfies com os amigos caminhantes (e a diversão ficou por conta dos “paus de selfies”), chegou o nosso transporte que nos levaria ao Meliponário do Sr. Geraldo.

E… adivinhem! O nosso transporte era um caminhão pau-de-arara todo decorado com flores de tecido e panos de chita e com bancos acolchoados. Foi uma festa só.

page

No caminho pelo Brejo paraibano pudemos ver o seu relevo de belas paisagens muito verdes, passando por várias plantações de bananas e desfrutando daquele clima pra lá de agradável.

Chegamos ao Sítio de Faca, no Meliponário do Sr. Geraldo, que cria abelhas Uruçu. São abelhas com o ferrão atrofiado; por isso, dizem que elas não têm ferrão. O mel de abelhas Uruçu tem um valor nutritivo muito grande, além de ser medicinal.

Sr. Geraldo contou-nos que começou a criação como um hobby e, e a partir de quatro caixas, hoje tem quatrocentas.
Quando ele abriu a caixa e nos mostrou como funciona a vida das abelhas, muita gente se emocionou. Eu nunca havia visto uma colmeia assim tão de perto. Sem contar que o mel é uma delícia.

Colméia de Abelhas  Uruçu (Melipona scutellaris) , Abelhas sem Ferrãp
Colméia de Abelhas Uruçu (Melipona scutellaris) , Abelhas sem Ferrão

O que nós, seres humanos, devemos aprender com as abelhas? As abelhas ensinam o valor do compartilhamento e a singularidade do verdadeiro propósito comum, o trabalho em equipe, a disciplina, a hierarquia, a tomada de decisão e tantas outras coisas importantes para vivermos em comunidade.

Delicioso café na casa do Sr. Geraldo
Delicioso café na casa do Sr. Geraldo

Após conhecermos a vida das abelhas Uruçu, tomamos um lauto e delicioso café na casa-sede do Sr. Geraldo. A casa é ponto de apoio para os caminhantes, onde é vendido o café da manhã. Para isso, basta dizer ao guia que quer tomar café da manhã lá no Sítio de Faca.

Próxima parada? Comunidade da Várzea, no Museu Casa de Farinha. E lá vamos nós de pau-de-arara novamente. E dessa vez, para o passeio ficar mais autêntico, os amigos jornalistas de Pernambuco se juntaram a nós no caminhão. Aperta daqui, estica de lá, valeu a pena essa união, pois eles trouxeram um tocador de flautas e poeta vestido com roupas e chapéu à Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, para animar o percurso com suas cantorias e trovas. Experiência única.

11182263_10200502550244227_5297012174608886230_n

A subida e a descida do pau-de-arara é uma verdadeira comédia e, assim, entre boas risadas e uma paisagem bucólica, passando por muito verde e trabalhadores rurais montados em seus burrinhos com caçuás, foi que a gente seguiu para a Comunidade da Várzea.

Forró Asa Branca, Pilões PB
Forró Asa Branca, Pilões PB

Antes disso, fizemos uma pequena parada no centro de Pilões para a Prefeita, Adriana Andrade pegar o melhor trio de forró pé-de-serra de Pilões para nos acompanhar. Aí, caros leitores, foi que o passeio ficou animado.

Já descemos no Museu Casa de Farinha superanimados, no ritmo do forró. Logo, o trio Asa Branca, puxou uma música regional, muito utilizada na hora de raspar a mandioca e que fez o maior sucesso entre os presentes.

Eu , Veronica Guerra e Josival Pereira, com a mão na massa!
Eu , Veronica Guerra e Josival Pereira, com a mão na massa!

Assim que chegamos, fomos recepcionados pelas mulheres da comunidade que são responsáveis pela produção da farinha de mandioca e pudemos conhecer uma autêntica Casa de Farinha e ver como se produz a farinha, artesanalmente, desde a época dos escravos.

E nada melhor para aprender do que colocar a mão, literalmente, na massa, não é verdade? E foi isso que fiz, sentei-me num banquinho e, com uma faca superamolada, aprendi a ralar a mandioca e a fazer todo o processo de confecção da farinha.

Logo após a atividade no Memorial Casa de Farinha, seguimos ainda no pau-de-arara para almoçarmos no Engenho Várzea do Coaty, que fica no município de Areia e, pela proximidade com Pilões, pudemos almoçar lá.

Casa grande do Engenho Várzea do Coaty
Casa grande do Engenho Várzea do Coaty

O Engenho Várzea do Coaty é simplesmente um sonho. Faz-nos voltar aos áureos tempos dos grandes engenhos com toda a sua belíssima e imponente arquitetura da época.

O Engenho hoje funciona como um restaurante rural com comidas e doces regionais, daqueles que a gente come rezando para aplacar o “pecado da gula’.

Eu, ensinando técnicas de fotografia a Kleide Teixaira, é mole!?
Eu, ensinando técnicas de fotografia a Kleide Teixaira, é mole!? rsrssr

Pudemos visitar a casa grande que ainda conserva móveis, piso e decoração de época, um redário, ao lado, para tirar um cochilo depois do almoço. Conhecemos diversos tipos de plantas; dentre elas, duas me chamaram a atenção; fui informada de que se tratava do agave, que também foi muito explorado no passado; e outra que parece uma “lanterna chinesa”. Para mim, foi uma experiência inesquecível.

Agave e Lanterna Chinesa
Agave e Lanterna Chinesa

Seguindo o nosso roteiro, depois do Engenho Várzea do Coaty, fomos conferir o “Café na Varanda”, que foi muito falado ano passado e que este ano, ficamos sabendo, que além do café, eles já estavam abrindo para almoço também.

Chegamos ao “Café na Varanda” e fomos recepcionados com um largo sorriso de boas-vindas dos proprietários, que nos serviram um delicioso café com bolo de milho que estavam simplesmente divinos. A decoração é uma atração à parte. Muita chita, fuxico, artesanato e flores de fuxico, que é o forte do artesanato da região. E tomar café olhando para o pôr do sol com muito verde da vegetação e um lago em frente, realmente é para deixarmos todo o stress da cidade grande por lá.

Esperando o café
Esperando o café
Café e bolo de milho
Café e bolo de milho

Pois bem, caros leitores, o saldo do 1º Adventure Tour PB, foi avaliado por todos nós como muito positivo, pois além de fomentar uma nova modalidade de evento na região, ainda fomenta a produção associada ao turismo, ou o turismo de experiência. Pudemos constatar, que houve avanço na economia desses produtos e as comunidades envolvidas estão crescendo e ampliando seus negócios e, portanto, muito satisfeitas.

Como diz a máxima do turismo: “Turismo só é bom quando ele primeiro for bom para quem mora na cidade! ”

Estão de parabéns a Prefeita do município de Pilões, Adriana Andrade e o Secretário de Turismo, Márcio Andrade por terem preparado tudo com muito carinho e participado ativamente das atividades com os jornalistas e visitantes e ao povo de Pilões que deram um show de hospitalidade.

E não se esqueçam de que a terceira etapa do Adventure Tour PB será em Areia, sábado dia 02/05. E, quer saber, o roteiro está de tirar o fôlego.

Façam a sua inscrição: http://www.adventuretourpb.com.br/

Fotos: Alessandra Lontra, Ana Célia Macedo, Lourdinha Dantas, Teresa Duarte e Kleide Teixeira.