Fórum de Turismo do Vale do Paraíba realiza assembleia extraordinária em Itabaiana (PB) para discutir projetos prioritários

0
Mesa composta por autoridades durante a assembleia extraordinária do Fórum Sustentável de Turismo Vale do Paraíba - Foto: O Concierge

por Ana Célia Macedo

O município de Itabaiana (PB) foi palco nessa sexta-feira (15) da assembleia extraordinária do Fórum Sustentável de Turismo Vale do Paraíba, realizada na Câmara Municipal, onde estiveram reunidos prefeitos dos municípios integrantes do Fórum, representantes dos poderes executivo e legislativo, instituições privadas, secretários estaduais e municipais de Turismo e Cultura e a comunidade. O objetivo principal foi o de apresentar as ações que o Fórum quer desenvolver na região

Alessandra Lontra – Foto: O Concierge

A interlocutora do Programa de Regionalização do Turismo (PRT) na Paraíba, Alessandra Lontra, disse que a iniciativa da realização da assembleia foi bastante positiva, inclusive porque foi um exemplo de parceria e articulação bem feita. “Por isso é necessário o apoio dos gestores municipais e da iniciativa privada, do apoio tanto financeiro, quanto de articulação para que se possam alcançar objetivos. O Fórum de Turismo do Vale do Paraíba é um exemplo de união, força de vontade e foco para os Fóruns que ainda não se formalizaram”, declarou.

Ainda de acordo com Lontra, no ano de 2016 toda a região do Vale do Paraíba, com exceção de Ingá, que teve que migrar para outro Fórum, ficaram de fora do Mapa do Turismo da Paraíba. Em 2017 eles voltaram com força total, e agora em 2018 estão formalizados. “O Fórum tem CNPJ e agora realiza uma reunião com proposituras reais, demonstrando a maturidade alcançada pelos seus integrantes, que entenderam o chamado e o propósito do Programa de Regionalização do Turismo”, concluiu.

Renaly de Oliveira – Foto: O Concierge

Articulada pela presidente do Fórum, Renaly de Oliveira, a assembleia contou com o apoio da secretária executiva de Cultura e diretora de Turismo de Itabaiana, Socorro Almeida, também do prefeito de Itabaiana, Lúcio Flávio Costa e do vice-prefeito de Ingá, Robério Burity. Durante as discussões foram propostas ações de parceria e de políticas públicas de desenvolvimento para a região, inclusive sobre a importância dos municípios cumprirem os novos critérios do Mapa do Turismo, propostos pelo Ministério do Turismo (MTur).

Para Renaly de Oliveira, a assembleia atingiu seu objetivo. “Precisávamos chamar a atenção das autoridades locais, estaduais e federais para a nossa Região, com proposituras viáveis, inclusive pedimos a reativação da linha férrea para implantarmos o projeto do trem, como forma de desenvolver turisticamente a região, gerando emprego e renda para o Vale do Paraíba” pontuou.

A urgência em concluir o projeto de implantação do Parque Estadual Arqueológico das Itacoatiaras do Ingá (PB), juntamente com o Trem das Itacoatiaras, foi destaque na assembleia, onde também foi trazida a pauta a necessidade da divulgação dos eventos turísticos e culturais do Vale do Paraíba, a criação de um Plano de Desenvolvimento e de Marketing para a Região, a parceria da secretaria de Cultura do Estado no incentivo a “Lei Rouanet”; a parceria com a Secretaria Estadual de Comunicação (Secom), a criação de um Fundo Estadual de Turismo e a construção do anel rodoviário próximo a Natuba (PB), que ligaria todo o Vale do Paraíba, encurtando para 160 Km a distância de João Pessoa a Umbuzeiro, via Itabaiana.

Vavá da Luz – Foto: O Concierge

Sobre a implantação do Parque Estadual, o secretario de Turismo de Ingá, Vavá da Luz, disse que as autoridades estaduais e federais precisam ter um olhar mais sensível à conclusão e a execução do projeto do Parque. “Reconheço que apesar dos esforços do governo do estado por meio do secretário Executivo de Turismo Ivan Burity, ainda está distante do ideal, principalmente por se tratar do maior Patrimônio Arqueológico do Estado, o sítio congrega o mais representativo conjunto conhecido desse tipo de gravura no Brasil e é um dos seis bens brasileiros indicados a Patrimônio Mundia da Unesco”, declarou.

Acordos Firmados

Na Assembleia ficou acordado entre os participantes que eles se comprometeriam em   contribuir com as ações do Fórum, ficando acertado que o deputado Federal, Damião Feliciano, que já estaria marcando uma reunião com o ministro do Turismo, Marcelo Antônio Álvaro na próxima semana para tratar sobre o assunto do Trem e Dnit. Também foi acordado que o Sebrae irá contribuir com ações de sensibilização para os empresários da região, e o Banco do Nordeste (BNB) oferecerá linhas de crédito para os empresários. Finalizando a assembleia houve um comprometimento entre os prefeitos da Região que irão formar uma comissão de engajamento junto ao órgão de infraestrutura, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), para dar entrada ao processo de concessão e legalização da linha férrea.

Mesa de Debates

Integraram a mesa, além de Alessandra Lontra que também representou o secretário executivo de Turismo Estadual, Ivan Burity, o gerente da Unidade de Desenvolvimento Territorial e Políticas Públicas do Sebrae, Luciano Souza , a articuladora da 12ª Regional de Cultura, Clévia Paz (representando o secretário estadual de Cultura Damião Ramos Cavalcanti), o secretário estadual do Turismo e Desenvolvimento Econômico, Gustavo Feliciano, o deputado Federal PDT/PB, Damião Feliciano, o chefe de Gabinete, Alex Azevedo (representando o senador Veneziano Vital do Rego PSB/PB), o vereador e presidente da Câmara Municipal de Itabaiana, Pedro José da Silva, o prefeito do município de Itabaiana, Lúcio Flávio Costa, o vice-prefeito do município de Ingá, Robério Burity, o prefeito de Gurinhém que também representou os prefeitos do Fórum do Vale do Paraíba e també é presidente do Consórcio de Gestão Pública Integrada dos Municípios no Baixo Rio Paraíba (Cogiva), Cláudio Madruga, o secretário de desenvolvimento Econômico de Itabaiana, Geraldinho Sousa (representando os secretários municipais do Vale do Paraíba) e o agente de Desenvolvimento do BNB, Nazareno Félix.

Este slideshow necessita de JavaScript.