Violoncelista de Zeca Baleiro e Milton Nascimento se apresenta nesta quinta-feira (5) em João Pessoa

0
107
Cantor, compositor e multiinstrumentista Lui Coimbra - Imagem: Graziela Widdman / Divulgação

Lui Coimbra mostra ‘Ouro e sol’ em edição especial do Música do Mundo

O cantor, compositor e multiinstrumentista Lui Coimbra é atração da edição especial do Música do Mundo, no próximo dia (5) de outubro, a partir das 21h, no teatro Santa Roza, no Centro de João Pessoa. O projeto é uma realização da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc). Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Lui Coimbra traz a João Pessoa o show da turnê ‘Ouro e Sol’ (resultado de seu primeiro disco solo). No palco, estará acompanhado de Tony Lucchesi (piano), Pedro Aune (baixo) e Bruno Tessele (percussão).

Conjugando a erudição do violoncelo, instrumento que o consagrou, ao canto da sonoridade de um país de matizes diversos, Lui faz cuidadoso garimpo num cadinho de baticuns, canções, cirandas e poemas e coloca na mesma roda Capiba e Quintana.

O músico integrou banda na gravação do DVD Líricas, de Zeca Baleiro (que participa do CD Ouro e Sol, na faixa-título, que é versão de canção de Sting). No momento, Lui grava seu segundo disco, o ‘Tá caindo flor’, a ser lançado ainda este ano. O artista também é violoncelista na banda de Milton Nascimento.

Passando a tradição pelo seu filtro urbano Lui abre o show com “Astrologia”, poema do gaúcho Mario Quintana, musicado por Lui e cantado à capela. Do Nordeste, o cantor passeia pela música de Capiba em “Minha Ciranda”.

Depois apresenta “Fazê o quê?”, de Pedro Luís num irresistível arranjo para a rabeca, que Lui toca na vertical como um mini-violoncelo. Como não poderia deixar de ser, apresenta a música que deu nome ao disco, “Ouro e sol”, versão de “Fields of gold” de Sting, em parceria com Zeca Baleiro.

Do repertório do novo disco estão “Escândalo da Rosa” (poema de Vinicius de Moraes musicado por Lui), “Babylon” ( Zeca Baleiro) e “Asas” (Chico Cesar) e a modinha “Amo-te Muito” de João Chaves.

O poema “A ciranda rodava o mundo” de Mário Quintana e “Seguir o Fado“ do dramaturgo português Thiago Torres da Silva, musicados por Lui, ganham tons mouriscos. Surpresa é a versão camerística do hit popular “Você não vale nada” onde a levada caboverdiana dá tons eruditos à canção.

Música do Mundo – O projeto é uma ação promovida pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) que tem como objetivo a valorização dos artistas e da música contemporânea. A cada edição, artistas brasileiros e de outros países ocupam palcos da cidade (desta vez no teatro Santa Roza). O lançamento aconteceu em agosto de 2015. Uma das características do projeto é o preço popular do ingresso, de forma a permitir ao público acesso às atrações de qualidade internacional.

Serviço
Música do Mundo apresenta: Lui Coimbra
Data: Quinta-feira (5 de outubro)
Hora: 21h
Local: teatro Santa Roza
Preço: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)
Realização: Funesc

Informações: 3211-6228

Ascom Funesc