Jornalistas europeus estiveram no Brasil em maio para trocar experiências com brasileiros – Foto: Divulgação

Imprensa repercutiu o País como destino educacional com ricas atrações culturais e gastronômicas

Com o título “Por que o Brasil é o próximo melhor destino para se estudar?”, reportagem publicada pela Verge detalha experiências que jornalistas especializados em educação tiveram no País. A revista é considerada um dos maiores veículos do Reino Unido voltados para estudantes, com alcance de 800 mil leitores ao mês. A inserção é resultado de ação da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), que convidou os profissionais para conhecer os programas oferecidos pelo trade brasileiro de intercâmbio.

Os profissionais, que estiveram no Brasil entre 08 e 15 de maio, visitaram São Paulo, Curitiba e Florianópolis. O presidente substituto da Embratur, José Antonio Parente, destaca o objetivo deste tipo de press trip, realizada em parceria com o Study in Brazil e a companhia aérea TAP Portugal: “Queremos promover o Brasil no exterior também como destino educacional e incrementar a entrada de turistas e divisas no País”.

O artigo britânico traz informações e fotos sobre os destinos, derrubando mitos e explicando, por exemplo, que a capital do País é Brasília [e não o Rio de Janeiro, como pensam muitos estrangeiros]. Aborda também a história das construções das igrejas ao longo da história brasileira, além de apontar diferenças no cotidiano entre os dois países, como a grande quantidade de restaurantes a “quilo” no Brasil.

Os jornalistas citam que oito das 15 melhores universidades da América Latina estão no Brasil. Também relatam o que conheceram nas universidades e escolas brasileiras e detalham a particularidade de cada cidade que passaram durante a Press Trip. Conforme descrito, os profissionais conheceram ainda escolas que ensinam português para moradores nas favelas e as comparou com instituições internacionais.

Sobre São Paulo, a hospitalidade das pessoas encanta, registra a Verge. Curitiba recebeu destaque pelo seu planejamento urbano: “É uma cidade totalmente sustentável, descongestionada, do tipo que você constrói no Sims 2”. O tour foi encerrado em Florianópolis, que surpreendeu os repórteres: “Floripa é uma pequena ilha que flutua delicadamente sobre o Oceano Atlântico Sul com inúmeras praias, bares, restaurantes e uma paisagem deslumbrante”, concluem.

Dados do setor

Nos últimos 10 anos, o gasto de estudantes estrangeiros no Brasil aumentou 147%, segundo dados do Banco Central. Em 2014, os intercambistas investiram 150 milhões de dólares em programas educacionais, culturais e esportivos no País. Para potencializar esse crescimento, a Embratur participará da Conferência e Exposição Anual da Nafsa – Associação Norte-Americana de Intercâmbios e Educação Internacional, que acontecerá de 29 de maio a 3 de junho, em Denver, nos Estados Unidos.

Sobre o Study in Brazil

Study in Brazil é um programa do Departamento de Inbound criado para incentivar a educação brasileira entre estudantes estrangeiros e empresas de intercâmbio internacional. Com o apoio da Embratur, desenvolve atividades para promover o País no exterior, visando consolidá-lo como um dos principais destinos educacionais do mundo. É responsável também pela seleção e união das instituições que oferecem Ensino Médio, aulas de Português, Programas Acadêmicos de curta e longa duração e programas combinados com turismo, esporte, estágio e trabalho voluntário.

Ascom Embratur

Foto: Divulgação