Último dia para assistir “Casa Do Julgamento 2017”, onde arte e solidariedade se unem

0
219
Espetáculo, “Casa Do Julgamento 2017” - Imagem: Divulgação

O espetáculo com o tema “Suicídio: há razões para viver” fica em cartaz até amanhã, sábado dia (15) de julho, no Centro de Convenções Cidade Viva, com intérprete de libras das 20h às 22h.

Na semana de estreia da “Casa do Julgamento” o público tem se emocionado e contribuído com ação social que já arrecadou aproximadamente a quantidade de dois mil itens de alimentos não perecíveis e de produtos de higiene pessoal.

A montagem aborda o Bullying, Depressão, Abuso, Abandono, Baleia Azul e as causas apresentadas sem atenção devida do dia-a-dia. Segundo relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 804 mil pessoas se mataram no ano 2012 em todo o mundo – uma taxa de 11,4 para cada 100 mil habitantes. Isso significa um suicídio a cada 40 segundos.

Desde sua primeira edição em 2006, a “Casa Do Julgamento®”, vem abordando temas de relevância social buscando influenciar positivamente os que prestigiam o evento. Assistido por mais de 100 mil pessoas, a montagem reúne mais de 400 pessoas, fazendo parte do elenco e das áreas do marketing, produção, bilheteria, segurança e recepção.

Após 6 anos sendo realizado no Ginásio Ronaldão, o maior espetáculo de teatro interativo da Paraíba está de casa nova, com novo cenário e novos participantes. “São doze anos dirigindo a Casa, me sinto, como se fosse o novo ou primeiro espetáculo, vivenciando uma interação harmoniosa da Cia Abner com a Cidade Viva. Um monte de voluntários cheios de vontade de oferecer um grande espetáculo, mais envolvente, impactante e cheio de vida. Feliz demais.” Declara o diretor Aldo Galdino.

Os ingressos têm preço único no valor de R$ 15, além da doação para cada ingresso adquirido de 01 (um) quilo de alimento não perecível e + uma unidade de produto de higiene pessoal (sabonete, creme ou escova dental) que será revertido para as obras sociais da cidade viva em João Pessoa e no Sertão. As sessões começam a partir das 19h (de segunda a sexta), das 16h (aos sábados), até às 23h, podendo se estender enquanto tiver público.

A “Casa do Julgamento” 2017 tem classificação indicativa de 16 anos. A direção informa que os menores entre 12 e 16 anos poderão assistir ao espetáculo desde que estejam devidamente acompanhado pelos pais ou do responsável legal mediante autorização expressa destes.

Vendas online disponíveis AQUI.

Assessoria