Turismo religioso amplia economia dos destino

0
35
Aparecida (SP) - Crédito: Embratur / Divulgação

Eventos direcionados aos profissionais que atuam no segmento do turismo religioso qualificam o mercado e impulsionam o setor em expansão e com público cada vez mais fiel

Por Geraldo Gurgel

A partir desta sexta-feira (22) até o próximo domingo (24) será realizada a 4ª Romaria Nacional dos Profissionais de Turismo à Aparecida (SP). O encontro anual dos profissionais que atuam no segmento do turismo religioso faz parte das homenagens ao Dia Mundial do Turismo, comemorado no próximo dia (27). O evento ainda coincide com os festejos dos 300 anos da aparição da imagem de N. S. Aparecida, padroeira do Brasil, encontrada por pescadores, no rio Paraíba do Sul, em (12) de outubro de 1717.

Aparecida deverá encerrar o ano do tricentenário com 12 milhões de visitantes. A cidade e suas vizinhas são exemplos de municípios que vivem da fé que movimenta a economia local. Os serviços turísticos da região de Aparecida são voltados principalmente para o atendimento aos visitantes atraídos pelo maior santuário mariano do mundo, entre outros atrativos do Vale do Paraíba. O roteiro se estende por Cachoeira Paulista, onde um movimento de evangelização denominado Canção Nova, com forte atuação nas mídias sociais, atrai 1,2 milhão de visitantes por ano. Em Guaratinguetá, outros 600 mil turistas visitam o Santuário de Frei Galvão, anualmente.

No encontro de Aparecida, funcionários públicos e de empresas privadas, guias de turismo, agentes de viagem e administradores de santuários compartilham experiências inclusive com profissionais e gestores que seguem diferentes denominações cristãs e outras matrizes religiosas. O turismo sustentável, recomendado pela Organização Mundial do Turismo, é uma das vertentes abraçadas pelos profissionais do turismo religioso, tanto que Salvador, Belém e Aparecida estão entre as arquidioceses que já estruturaram a pastoral do turismo para acolher bem os visitantes.

Ascom MTur