Transformação digital nas empresas

0
573
divulgação

por Regina Amorim

Transformação digital é realizar uma profunda mudança cultural e organizacional para suportar um modelo de funcionamento digital. É atender a novos hábitos de consumo, da economia de compartilhamento, onde os consumidores buscam soluções que atendam aos seus desejos, de forma simples, rápida e econômica. Muito diferente da economia tradicional!

Como fazer sua empresa evoluir?

As empresas ainda estão aprendendo sobre esse novo mundo digital, mas também buscando os meios para lidar com novos modelos de negócios.  Transformação digital é muito mais que tecnologia. O êxito da transformação digital depende do desempenho e da qualificação dos colaboradores internos.

Transformação digital é mais do que relacionamento digital. O cliente continuará sendo o “foco das atenções”, que deseja ser atendido no tempo certo, com o produto certo e com a agilidade esperada. Agilidade é a única forma para a sua empresa estar na frente dos concorrentes.

E quais os caminhos para sua empresa tradicional ser digital?

A base digital de um novo modelo de transformação consiste em maximizar processos de trabalho e resultados, além de facilitar a rotina das equipes, tornando-as mais ágeis.

O comprometimento dos funcionários e a valorização dessas boas práticas na empresa, geram apropriação, pertencimento e fortalecimento da evolução de cultura da empresa.

É preciso ter resiliência para aprender rápido e adaptar-se ao mundo digital. Atitude proativa é bem adequada para esse momento, de entender a necessidade dos clientes, desenvolver produtos ou serviços em tempo hábil, antecipando-se aos desejos do consumidor, aprimorando e gerenciando novos dados.

Estudo realizado pela Enterprise Strategy Group (ESG), patrocinado pela Dell EMC  e divulgado em maio de 2017, (Curva de Maturidade na Transformação da TI) indica que apenas 5% das grandes empresas estão preparadas para a transformação digital dos negócios e 71% das grandes empresas entrevistadas, concordam que para se manterem competitivas precisarão realizar uma modernização da infraestrutura e dos processos de TI. Novas plataformas de tecnologia podem substituir a infraestrutura de TI.

As plataformas são modelos de negócios inovadores que usam a tecnologia para conectar pessoas, marcas e recursos, de forma disruptiva e colaborativa, em que as relações e os papéis se somam.

A transformação de dados em informações relevantes está no universo “big data” ou “megadados”, possibilita  interpretações rápidas e valiosas sobre as tendências e oportunidades de mercado e sobre o comportamento do consumidor. A sua empresa pode ouvir seus clientes, entender cenários, avaliar concorrentes e oferecer experiências cada vez mais personalizadas.

Para focar na transformação digital é preciso quebrar as barreiras de estruturas pouco flexíveis, existentes entre as áreas da empresa e se adequar a um modelo mais colaborativo, ágil e dinâmico, para atender a novas demandas.

É preciso ter visão sistêmica e desenvolver a cultura da cooperação, com equipes multidisciplinares que atenda ao novo perfil do cliente. O mundo digital está focado em modelos que estejam abertos à conexões com outras empresas e pessoas e direcionados à criação de novas ofertas. (open source).

Quando as empresas entenderem que “o pulo do gato” está no uso da tecnologia para conectar pessoas, organizações e recursos, somar conhecimentos das empresas e dos usuários, além de selecionar as melhores ideias e processos, elas estarão à caminho da era digital.

24058690_10214379786586112_1360129016462366419_n

Regina Medeiros Amorim
Mestre em Visão Territorial e Sustentável do Desenvolvimento, Pós graduada em Gestão e Marketing do Turismo, Gestora de Turismo do SEBRAE – Paraíba.

*O conteúdo desta matéria é de propriedade intelectual do (a) autor (a), e não reflete, necessariamente, a opinião do O Concierge.
*Esta plataforma destina-se ao debate sobre o conteúdo publicado apenas para fins informativos e de entretenimento.
*O usuário é o único responsável pelo que escreve em seu comentário, de modo que responderá integralmente por qualquer ofensa a direitos de terceiros que seu comentário possa causar.