Entender as necessidades dos clientes e fidelizá-los não é uma tarefa simples, pois depende da qualidade do atendimento e dos métodos utilizados nesse processo. Pensando nisso, a KLA Educação Empresarial João Pessoa promove, pela terceira vez, o seminário “Como Vender Mais por E-mail e Telefone”, que acontecerá no dia 21 de julho, às 19h30, no Hotel Cabo Branco Atlântico. As inscrições podem ser feitas no site da KLA (http://www.klatreinamentos.com.br/joaopessoa/) ou pelos telefones (83) 98878-5065 e (83) 3244-6387.

O evento, que será ministrado pelo especialista em vendas e motivação para vendedores, César Frazão, é direcionado para todos os empresários, gestores e vendedores que utilizam telefone e/ ou e-mail como ferramenta de trabalho, seja para vendas, pós-vendas, administração ou controle financeiro. O especialista explicará aos participantes as técnicas e estratégias necessárias para fidelizar os clientes e aumentar o faturamento e lucratividade das empresas.

“O seminário é totalmente prático. Iremos entregar o ‘caminho das pedras’ para os participantes aumentarem os seus resultados. As técnicas, estratégias e ferramentas ensinadas por César são frutos de mais de 15 anos de pesquisa”, explica o diretor da KLA João Pessoa, Alberto Marinho.

Durante o seminário, os participantes aprenderão métodos como: As vantagens de usar o telefone como canal de vendas, Como lidar com as secretárias recepcionistas, Cinco técnicas de vendas por telefone e Como agendar visitas por telefone. Além disso, serão apresentadas técnicas de Como enviar propostas e cobrar respostas por e-mail, Dois modelos de e-mails para resgatar seus clientes perdidos, Motivação para vendedores internos e Como aproveitar o crescimento das vendas por telefone na sua empresa.

“Vender por telefone e e-mail é um dos principais caminhos para as empresas reduzirem os seus custos operacionais e aumentarem a sua lucratividade. Estamos passando por um momento econômico turbulento e para as empresas continuarem vivas precisam reinventar a sua forma de vender e atender o cliente que, nesse momento, parou de comprar. E quando o cliente para de comprar, temos que sair para vender”, finaliza Alberto Marinho.

Assessoria