Público lota Adro da Igreja de São Francisco durante Festival Internacional de Música Clássica

0
55
Adro da Igreja de São Francisco - Foto: Kleide Teixeira / Divulgação

Por Carolina Queiroz

Sob os aplausos do público presente no Adro da Igreja de São Francisco, o prefeito Luciano Cartaxo e o diretor executivo da Funjope, Maurício Burity, comemoram o sucesso da abertura do 5º Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa, neste domingo (26).  A apresentação de abertura teve a regência do maestro da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP), que contou com a participação especial de Wagner Tiso e Leo Gandelman, como solistas.

“A abertura do Festival foi um sucesso grandioso, tanto no que se refere à presença do público quanto à qualidade da apresentação da nossa Orquestra Sinfônica”, avaliou Luciano Cartaxo. O prefeito acompanhou o show ao lado da primeira-dama do Município, Maísa Cartaxo, do vice-prefeito, Manoel Junior, e do secretário executivo da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Maurício Burity.

Para Luciano Cartaxo, o Festival Internacional de Música Clássica vem se consolidando como uma tradição da cidade neste segmento musical. “Esta é uma oportunidade de dar ao público acesso gratuito à música erudita”, assegurou.

O concerto foi aberto com o “Hino Nacional Brasileiro”, executado pela Orquestra Sinfônica Municipal e, em sequência, os solistas Leo Gandelman e Wagner Tiso iniciaram suas participações. Durante a apresentação, Leo Gandelmam destacou que estava apresentando arranjos inéditos, como na música “Furuvude” (Leo Dandelman e Willin Magalhães).

Fechando a abertura, os dois solistas tocam juntos músicas conhecidas como “Wave” (Tom Jobim) e “Chega de Saudade” (Tom Jobim/Vinicius de Moraes), entre outras.

Promovido pela Prefeitura da Capital, através da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), o evento, que tem o patrocínio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Ministério da Cultura, será encerrado dia 2 de dezembro, com concerto da OSMJP, no Parque da Lagoa.

Nos sete dias de evento, a Capital terá 23 concertos nas igrejas do Centro (Igreja de São Francisco, do Carmo, da Misericórdia, no Mosteiro de São Bento e na Primeira Igreja Batista), e 14 masterclasses (flauta doce, violino, viola, violoncelo e piano), que serão realizadas no Hotel Globo, Igreja de São Francisco e no Centro Cultural Casa da Pólvora, sempre no período da manhã.

Calendário cultural – De acordo com o diretor executivo da Funjope, Maurício Burity, o Festival Internacional de Música Clássica tem crescido a cada ano e se consolida no calendário cultural da cidade. “Este ano nós estamos trazendo Wagner Tiso, Leo Gandelman e Antônio Nóbrega, além de músicos do exterior e de outros Estados. Tenho certeza que esta edição do Festival, a exemplo das anteriores, será um sucesso”, disse. Ele destacou ainda que “o Festival é tão bem divulgado pelo mundo afora e isso faz com que João Pessoa passe a fazer parte de um grande circuito internacional de música clássica”.

Para o diretor artístico do Festival, Alberto Johnson, as pessoas reconhecem a importância do evento. “Esse Festival é muito importante para João Pessoa e é bom perceber o quanto as pessoas valorizam esse evento, que traz cultura e alegria para a população. E a prova de que a população gosta são as igrejas sempre cheias durante os concertos. Os músicos são excelentes e vêm trazer o que há de melhor na música erudita”, afirmou.

A programação completa do Festival pode ser conferida no site www.musicaclassica.joaopessoa.pb.gov.br/

Horários – Além da participação de músicos da cidade e de outros estados do Brasil, João Pessoa vai receber nomes da Bulgária, Geórgia, Holanda, Islândia, Israel, Polônia, República Checa, Rússia e Ucrânia. A partir desta segunda-feira (27), concertos vão ser realizados sempre no período da tarde. Serão quatro apresentações por dia, a partir das 14h30 (Mosteiro de São Bento), seguida de outras às 16h (Primeira Igreja Batista), 18h (Igreja do Carmo) e 20h (Igreja de São Francisco). Os concertos do sábado (2) serão às 14h (Igreja da Misericórdia) e às 17h (Parque da Lagoa), no encerramento do Festival.

Escolas municipais – As escolas da Rede Municipal de Ensino estarão representadas no 5º Festival Internacional de Música Clássica. Foram selecionadas 41 unidades públicas do município, que levarão alunos para assistir aos concertos a partir da segunda-feira (27). Além disso, cinco escolas vão receber músicos para uma roda de diálogo e apresentação.

Secom JP