Há algum tempo sem publicar no blog, eu com certeza tinha o compromisso de voltar às edições em grande estilo. E sendo assim, nada mais justo que trazer para vocês um pouco sobre o Projeto Guajiru, que para mim é o mais importante elemento de valorização e proteção da vida animal marinha, no estado da Paraíba. Não desvalorizando outros, mas simplesmente pelo fato dele está localizada na praia de Intermares-Cabedelo, área urbana; Onde há perda é substancial no desenvolvimento tanto da fauna, quanto da flora, que são partes fundamentais ao funcionamento desse ecossistema.

Pensando assim fui até lá, dar uma sacada, fazer fotos, coletar material, conversar. Fazendo isso tive a feliz surpresa ao encontrar a publicitária Nadja Almeida, figura maravilhosa, em suas aulas de Surf e sendo muito bem monitorada pelo professor “Niltão”. E eu fui convocada por ela, a escrever nesse blog, que o surf é esporte mais relaxante do mundo.

Então fica a dica da Nadja: Pratique o surf, relaxa! Felizmente o BBS (Batalhão de Busca e Salvamento) está sempre presente, para qualquer emergência.

Responsável por 7 Km de praia a ONG Guajiru tem como diretora a bióloga Rita Mascarenhas, que treina e capacita voluntários, para realizar o monitoramento dos ninhos de tartaruga, incluindo salvamentos, buscas, primeiros socorros, “cesarianas”… Além do treinamento para voluntários e palestras de conscientização, a ONG também desenvolve projetos como a “biblioteca” e a “alfabetização”, que ajudam crianças a serem inseridas na escola e na pratica de esportes, no caso o surf, dando oportunidade a sociedade em contribuir com a educação e o desenvolvimento físico e intelectual dessas crianças.

Hoje o Projeto é visitado diariamente, por grupos de turistas que vem a João Pessoa (Litoral Norte), por grupos de estudantes, pesquisadores, e claro pela “eco população”, esse termo é meu, que já dá dicas, que está ficando mais educada. Fato que se deve também a mídia e as redes sociais, que alcança milhares de pessoas, e a ONG, usa muito bem essa ferramenta.

Conversando com a Rita, fiz a seguinte pergunta: O que significa pra você o Projeto? Ela espontaneamente me respondeu: UMA MISSÃO! Nesse momento percebi a grandiosidade que existe dentro da alma do ser humano que escolhe amar e construir pontes pra preservação da vida. Registro aqui a minha admiração e respeito a você Rita Mascarenhas. E termino esse texto com um convite: Ajude, participe, divulgue, financie.

Não permita que a natureza seja extinta, seja um “eco agente” dê sua contribuição.

*Este texto foi relocado para esta coluna e faz parte do acervo da colunista.
Escrito em 18/03/2012

SHARE
Artigo anteriorCaminhada Ecológica – Falésias de Tambaba 2012
Próximo artigoFortaleza de Santa Catarina
Ana Célia Macedo
Ana Célia Macedo, jornalista desde 2010 é membro da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, seccional Paraíba (Abrajet PB). Iniciou suas atividades junto a comunicação escrevendo sobre turismo num blog em que narrava experiências vividas nas suas viagens pelo mundo e também divulgando os atrativos turísticos da sua cidade natal, João Pessoa. Morou por dois anos na Suíça, onde aperfeiçoou habilidades no jornalismo online, editorando o site “Brasileiros na Suissa”, que continha conteúdo exclusivo para a comunidade brasileira naquele país. É acadêmica em Comunicação Social, empresária e editora do site "O Concierge Online" que produz o melhor conteúdo em Turismo, Cultura e Gastronomia. Viajar, comer bem, conhecer novas culturas, fotografar e escrever são seus "hobbies". E-mail para contato: anaceliamacedo@oconciergeonline.com.br