População vai avaliar proposta de criação do Parque Nacional da Serra de Teixeira

0
150
Serra de Teixeira (PB) - Imagem: Divulgação

Representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Secretaria Executiva de Meio Ambiente concluíram, nesta sexta-feira (14), uma série de atividades na Serra de Teixeira, desenvolvidas ao longo da semana, com o intuito de avaliar a área para possível criação do Parque Nacional da Serra de Teixeira. Os ambientalistas concluíram que a Serra está apta para a criação da unidade de conservação federal.

“A gente avaliou que grande parte da área está bem preservada e agora precisamos fazer alguns refinamentos para excluir algumas áreas que têm pessoas morando. Vamos tentar organizar um cronograma para que em breve, até o final do ano, nós possamos apresentar à proposta da criação do parque à população dos municípios e para isso será feita uma consulta pública onde o povo poderá opinar sobre a criação do parque”, explicou Aldízio Lima, coordenador substituto da coordenação de criação de unidades de conservação do ICMBIo.

Aldízio ainda destacou que a Serra de Teixeira é rica em biodiversidade. “É uma área importante para a preservação do bioma Caatinga, além de ser uma área propícia para a prática do turismo ecológico”, acrescentou.

Durante essa semana, os ambientalistas realizaram um sobrevoo de avião, visita de campo em pontos estratégicos da serra, reunião com os prefeitos da região e o Fórum Permanente Salve o Pico do Jabre e finalizaram as atividades na manhã desta sexta-feira (14), com uma reunião de avaliação. De acordo com o secretário executivo de Meio Ambiente, Fabiano Lucena, a visita técnica foi bastante produtiva e todos os técnicos envolvidos nos estudos saíram satisfeitos.

“Todo mundo saiu convencido de que aquela região possui uma relevância ambiental e por isso está propícia para a criação de unidade de conservação federal. Eles vão agora fazer uma atualização dos dados socioeconômicos e, de acordo com o que foi visto durante a visita técnica, farão reajustes na proposta para evitar conflitos com a comunidade do entorno do parque”, comentou.

O secretário percebeu que a população demonstrou bastante interesse pela criação do parque. “Existe uma grande motivação por parte da população da região, além do interesses dos agentes políticos e a comunidade acadêmica”, destacou

A Serra de Teixeira engloba mais de 10 municípios paraibanos com predominância do Bioma Caatinga e possui uma grande riqueza da fauna e da flora, além das nascentes existentes no local, em torno de 70, é possível encontrar na Serra animais como veados, macaco – prego, onça puma, e novas espécies de lagartos e borboletas.

Cerca de 20 pessoas participaram da visita técnica realizada na Serra de Teixeira entre profissionais da Secretaria Executiva de Meio Ambiente, ICMBio e o Batalham de Policiamento Ambiental.

Secom PB