O planetário da Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano, continua funcionando normalmente, no primeiro pavimento da Torre Mirante. A entrada é aberta ao público e o agendamento de escolas e grupos maiores pode ser realizado no setor de gestão educacional, pelos telefones 3214-8270 e 3214-8303.

Entre uma sessão e outra o público pode esperar confortavelmente nas cadeiras do lado e assistir pequenos documentários sobre os planetas ou visitar as exposições que ficam no prédio. O equipamento faz parte do laboratório de astronomia e tem capacidade máxima de 15 pessoas por sessão, com duração de 22 minutos. São exibidos dois filmes em tempos alternados um deles é Palco Celeste, o outro Filhos do Sol.

O planetário tem formato de uma abóboda e permite a visualização de mais de 100.000 estrelas. No equipamento inflável, o público encontra uma esfera celeste em todo o seu esplendor, no seu interior são projetadas estrelas, constelações, planetas, cometas, nebulosas, estrelas-cadentes, além do sol e da lua. Os visitantes podem ver ainda eclipses, as estações do ano e outros fenômenos astronômicos.

O setor de gestão educacional da Estação Cabo Branco é o responsável pelo funcionamento e atividades realizadas do planetário, mediando todos os processos educacionais que possibilitem a ampla inclusão social no tocante ao acesso à cultura, a ciência e as artes.

O planetário é uma importante ferramenta no sentido da informação geral, bem como no enriquecimento pedagógico das aulas do currículo tradicional nas áreas das ciências geográficas e astronomia.

Os filmes – ‘Filhos do Sol’ oferece um passeio pelo Sistema Planetário enfatizando a composição da atmosfera terrestre, a visão das estrelas e do Sol. Apresenta ainda as particularidades de cada planeta no tocante à dimensões, condições atmosféricas além de outros astros que orbitam no espaço celeste de cada um, e na sequência; Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno, e o ex-planeta Plutão realizando assim, um tour privilegiado pelo Sistema Solar.

O filme “Palco Celeste”, por sua vez, mostra a repercussão de fenômenos na atmosfera terrestre, que funciona como uma lente de vidro refletindo no céu luzes e cores decorrentes de efeitos como a poluição das luzes da cidade, que chegam a inibir a visão das estrelas, e outros como o pôr do sol, que se origina das luzes do dia refletidas na atmosfera.

Faz também um alerta acerca dos fenômenos negativos, tais como a poluição causada pela fuligem e a poeira, que se espalham obstruindo a visão dos fenômenos celestes e criando uma camada denominada de efeito estufa, cujos efeitos são extremamente danosos à condição humana. Apresenta ainda fenômenos na linha do tempo que marcaram a história da astronomia, como as chuvas de meteoro e o mais importante registro corrido nas Cataratas do Niagra.

O filme apresenta também o espetáculo da Aurora Boreal, que ocorre nas regiões geladas do planeta, cuja combinação de cores representa um espetáculo celeste. As Muralhas da China e a precisão dos chineses nos registros dos fenômenos celestes são destacadas, além do Cometa Harley na sua excursão pela Terra, que só acontece a cada 76 anos. Apresenta ainda uma alusão aos fenômenos considerados OVNS (Objetos Voadores Não Identificados) e finaliza com uma belíssima visão da Lua e da Terra como planetas irmãos.

Serviço:
Planetário
Local: Primeiro Pavimento da Torre Mirante – Estação Cabo Branco Ciência Cultura e Artes – Av.: João Cirillo Silva, s/n, Altiplano Cabo Branco.
Horários das sessões: de terça a sexta-feira sessões 9h30, 10h30, 11h30, 14h30, 15h30, 16h30, 18h, 19h e 20h. Sábados, domingos e feriados sessões 10h30, 11h30,14h30, 15h30, 16h30, 18h, 19h e 20h.
Fone: (83) 3214. 8303 – 3214.8270
www.joaopessoa.pb.gov.br/estacaocb
Facebook: https://www.facebook.com/estacao.cabobranco
Twitter: @estacaocb