Representantes do Governo Federal e das cidades-sede apresentam o Brasil e convidam os franceses a viajarem ao País para assistir a Copa do Mundo

Aconteceu hoje em Paris, a 19ª edição do Goal To Brasil, principal ação da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) para promover o Brasil e as cidades-sede da Copa do Mundo FIFA 2014 como destino turístico. O evento começou com uma coletiva de imprensa para mais de vinte jornalistas franceses especializados em turismo. A França estreia no Mundial dia 15 de junho em Porto Alegre contra Honduras, e na primeira fase jogará ainda em Salvador e no Rio de Janeiro.
Até agora, segundo dados divulgados pela Fifa, cerca de 31 mil ingressos para a Copa foram comprados por franceses. “É um número alto e que pode crescer ainda, já que agora temos um voo direto entre Brasília e Paris, três vezes por semana, o que faz da capital brasileira um excelente hub para outras regiões do Brasil”, afirmou Marco Lomanto, diretor de Produtos e Destinos da Embratur. A Fifa abriu hoje mais uma etapa de venda de ingressos e ainda há entradas para os jogos da França.
O representante da Embaixada Brasileira em Paris, ministro Achilles Zaluar, falou sobre a fascinação recíproca entre os dois países. “Os franceses sonham com o Brasil assim como nós sonhamos com a França. Então, a hora é agora: viajem ao Brasil porque estamos preparados para recebê-los. Podem ir porque será uma linda festa”.
O Governo Federal espera que 600 mil turistas estrangeiros viajem ao Brasil durante a Copa do Mundo, que começa em poucas semanas. “Este é um ano histórico para o Brasil. Teremos uma Copa memorável. Além dos milhares de turistas que viajarão ao Brasil, cerca de dois bilhões de telespectadores de todo mundo vão acompanhar a Copa pela TV e conhecer um pouco mais do nosso país”, ressaltou o  secretário Nacional de Políticas para o Turismo do Ministério do Turismo, Vinícius Lummertz. O secretário afirmou ainda que, de acordo com pesquisas do ministério, 94,5% dos franceses que vão ao Brasil manifestam desejo de retornar ao País.
Cerca de 3,6 milhões de novos empregos estão sendo gerados pela Copa. “Sabemos que a Copa é uma grande oportunidade turística, econômica e de desenvolvimento para o País. Por isso, o Governo Federal investiu R$ 26 bilhões, porque o legado como a ampliação dos portos e aeroportos, os investimentos em mobilidade e a geração de empregos são para todos os brasileiros”, argumentou Joel Benin, do Ministério do Esporte.
Também participaram da coletiva a subsecretária de Turismo do Distrito Federal, Flávia Malckine, o secretário de Turismo do Estado do Rio Grande do Sul, Márcio Cabral e o secretário de Turismo do Estado da Bahia, Pedro Galvão.
O Goal To Brasil prosseguiu com rodadas de negócio entre o trade francês e brasileiro. Foram 11 operadores franceses que se encontraram com sete operadoras brasileiras e outros seis representantes estaduais.
Para encerrar a 19ª edição do Goal To Brasil, o Choro Livre, do  Clube do Choro de Brasília, encantou os franceses com um rico repertório da autêntica música brasileira. Composições de Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Radamés Gnattali, Jacob do Bandolin e Garoto animaram a noite brasileira em Paris.
Todo o evento aconteceu no Jardin d’Acclimatation, onde, desde o último sábado, ocorre a exposição Sensacional Brasil. Durante um mês, os visitantes do Jardin terão oportunidade de conhecer a cultura brasileira. Rodas de samba, Bumba meu Boi, bonecos de Olinda, artistas plásticos, fotógrafos, chefs de cozinha e designers brasileiros apresentam sua arte ao público. A Sensacional Brasil terminará no dia 11 de maio com show da cantora Daniela Mercury.

ACOM/Embratur