Paraíba é destaque na revista de bordo “Vamos” da Latam, edição de setembro

0
467
Ponta do Seixas, João Pessoa (PB) - Imagem: Divulgação

Está circulando em todos os voos da companhia aérea Latam a revista de bordo “Vamos”, edição de setembro, que traz uma reportagem especial sobre o Destino Paraíba. A equipe de reportagem esteve em João Pessoa, Cabedelo, Costa do Conde e Cabaceiras a convite da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-PB), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Paraíba (ABIH-PB) e Hotel Fazenda Pai Mateus.

Tambaba, Costa do Conde (PB) e Chef Onildo Rocha - Imagem: Divulgação
Tambaba, Costa do Conde (PB) // Chef Onildo Rocha // Artesanato – Imagem: Divulgação

A reportagem “João Pessoa: 3 dias na cidade ensolarada do Nordeste brasileiro” revela uma cidade que começa a respirar a partir das 5 horas da manhã, quando surgem os primeiros raios do sol e sugere um roteiro ensolarado pela capital paraibana e arredores. São dicas de um roteiro de três dias, que convida os turistas a conhecerem a Ponta do Seixas, praia do ponto mais Oriental da América continental, seguindo para a Costa do Conde, onde os passeios pelas praias paradisíacas de Coqueirinho, Urubu e Tambaba, a primeira área naturista do Nordeste.

À tarde, a reportagem sugere um passeio pelo Mercado de Artesanato Paraibano, em Tambaú, “onde estão 125 lojas de esculturas, roupas de algodão, um dos principais produtos da Paraíba, redes, chapéus de cangaceiro e gulodices, como a geléia de mangaba.” À noite, a sugestão seria uma visita na Cozinha Roccia, comandado pelo chef Onildo Rocha. As receitas mesclam técnicas da culinária clássica francesa e toques peruanos com ingredientes paraibanos.

No segundo dia, as dicas são passeios pelas praias urbanas de João Pessoa “para encontrar as enseadas de Bessa, Manaíra, Tambaú, Cabo Branco e, um pouco mais adiante, a deliciosa Camboinha, já no município de Cabedelo”. A reportagem lembra ainda a Ilha de Areia Vermelha, “quando a maré está baixa, um banco de areia toma conta da paisagem e é possível tomar sol no meio do mar”.

No período da tarde, “o ponto de partida do tour é o Centro Cultural São Francisco, que abriga igrejas de estilo barroco-rococó”. De lá, siga para o casario da Avenida General Osório, para a Praça Antenor Navarro, repleta de barzinhos, e para o Largo de São Frei Pedro Gonçalves, onde está o Hotel Globo, hoje um espaço cultural. Dá para fazer tudo a pé”. No finalzinho da tarde, a reportagem indica o tradicional por do sol na praia do Jacaré, claro, curtindo a apresentação do músico Jurandy do Sax e a execução do Bolero de Ravel.

No terceiro dia, a reportagem sugere uma “fuga” para o interior da Paraíba, especificamente para Cabaceiras, fazendo um pit-stop em Campina Grande, onde pode se deliciar com a gastronomia do restaurante Bodódromo, que “serve até ‘bodízio’ (rodízio de bode)”. Chegando à “terra do Cinema”, a 250 km de João Pessoa, as pessoas poderão conhecer alguns dos cenários das inúmeras produções de filmes que renderam o apelido de Roliúde Nordestina.

Lajedo do Pai Mateus, Cabaceiras (PB) - Imagem Revista de bordo "Vamos" da Latam / Divulgação
Lajedo do Pai Mateus, Cabaceiras (PB) – Imagem Revista de bordo “Vamos” da Latam / Divulgação

No fim da tarde, a dica seria passar uma noite no Hotel Fazenda Pai Mateus. “O local está ao lado do Lajedo do Pai Mateus, um dos lugares mais mágicos do Nordeste, onde, no século 18, teria vivido o eremita curandeiro que dá nome ao local. Trata-se de uma elevação de granito que sustenta formações rochosas arredondadas com mais de 4 metros de altura. Uma delas, chamada de capacete, é parcialmente oca. Programe-se para chegar pouco antes do por do sol, quando a natureza dá um show.”

images (2)

Leitores – A revista de bordo da Latam “Vamos” é uma publicação trilingue (português/espanhol/inglês) e tem uma tiragem mensal de 110 mil exemplares e um total de leitores acima dos 2,5 milhões (dados do IVC). A publicação tem duas versões comerciais: uma para voos partindo do Brasil e outra para voos partindo de outros países da América do Sul.

Secom PB