Ministério do Turismo e PBtur apresentam novo Cadastur e dão inicio “Operação Verão” na Paraíba

0
534
Tamara Barros / O Concierge

por Ana Célia Macedo

O Ministério do Turismo e a Empresa paraibana de Turismo (PBTur), realizaram nesta quarta-feira (7) uma reunião com autoridades e empresários do Trade Turístico de João Pessoa para informar e esclarecer dúvidas sobre o novo sistema do Cadastro de Turismo (Cadastur 3.0). A ferramenta é um sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor e permite que turistas tenham acesso a uma fonte de consulta segura de estabelecimentos. Paralelamente dá inicio a operação “Verão Legal” que fiscaliza os meios de hospedagens na Capital

A operação “Verão Legal”  tem como objetivo verificar os estabelecimentos que não estão inscritos no Cadastur, conscientizando o empresariado da importância do registro. Dentre as vantagens de estar em situação regular no Cadastur estão o acesso a financiamento em bancos oficiais, participação em cursos de qualificação e concorrência em licitações públicas.

Além da formalização de meios de hospedagem, o cadastro também é obrigatório para outras seis categorias: agência de turismo; parque temático; acampamento turístico; organizadora de eventos; guia de turismo e; transportadora turística.

Veja o vídeo:

De acordo com o Ministério do Turismo a Paraíba tem 504 meios de hospedagens registrados, destes 331 possuem Cadastur e 172 atuam de forma irregular o que representa 48%, dos empreendimentos.

Veja o vídeo:

Segundo a coordenadora do Cadastur na Paraíba, Mara Belizário, não existem custos para que uma empresa realize o cadastro. “Atualmente pode ser feito pela internet”, afirmou. “Desde o ano de 2008 com a aprovação da Lei Geral do Turismo, os prestadores de serviços de Turismo, devem estar inscritos no Cadastur, se não estiverem inscritos ou se o cadastro estiver fora de validade, será considerado ilegal e caso não regularizem sua situação, ainda podem ser penalizados com uma multa que pode chegar a R$ 854 mil e até interdições.”, explicou Mara.

A operação “Verão Legal” segue até a sexta-feira dia (9) na Capital paraibana. De acordo com o calendário estabelecido pelo Ministério do Turismo as primeiras capitais a receberem os fiscais do MTur foram Maceió e João Pessoa, mas até abril, todas as capitais brasileiras serão visitadas.

Agora, todo o procedimento de regularização dos empreendimentos poderá ser feito de forma ágil, pela internet, no site www.cadastur3.turismo.gov.br.

Leia mais em:
Fiscalização do MTur percorrerá todo Brasil até abril
Ministério do Turismo fiscaliza meios de hospedagens na Paraíba