Paraibano transforma árvores mortas em artesanato

Por Teresa Duarte
teresaduarte2@hotmail.com

O município de Cabaceiras, região do Cariri paraibano, ao longo dos anos vem se destacando no trabalho artesanal em diversas tipologias e o artesão David Renovato da Silva é um exemplo desse talento. A sua produção em marcheteria se tornou o sustento de sua família e hoje ele é referência na arte de produzir artesanato utilizando madeira típica daquela região em seu atelier no distrito da Ribeira, onde confecciona peças belíssimas, feitas a partir das árvores mortas.

A sua oficina fica instalada no quintal de sua residência e é lá que restos de madeiras, a exemplo umburana, pau-pereira, aroeira e baraúna, na magia da arte de suas mãos se transformam em anéis, colares, flores e cactos. Ele chega a vendar uma média de 800 peças, dependendo da sua produção e criação, com uma variedade de preços que podem chegar até R$ 300,00 e no mínimo R$ 10,00, fazendo livre para seu sustento uma média de R$ 2.000,00 a R$ 3.000,00.

"Formas da natureza são a fonte de inspiração para suas peças"
“Formas da natureza são a fonte de inspiração para suas peças”

Ele conta que aprendeu a técnica de esculpi em madeira sozinho enquanto que o oficio da marcheteria aprendeu com colegas e com o tempo foi se aperfeiçoando. “Eu iniciei o meu trabalho em 2005 esculpindo na madeira por necessidade quando fui demitido da prefeitura, então, procurei outro meio de sustento e, como eu já trabalhava com madeira, tendo algumas habilidades iniciei a minha produção e fiz o cacto, peça da minha criação que hoje é destaque”, informou o artesão acrescentando que foi aperfeiçoando a sua técnica e hoje ele produz o cacto de 45 centímetros podendo chegar até 1 metro no tamanho.

Formas da natureza são a fonte de inspiração para suas peças comercializadas em feiras e nos mercados de artesanato existentes na Paraíba. Através do trabalho de consultoria do Sebrae-PB na linha do turismo de experiência, onde foi confeccionada a folheteria destinada a divulgar as potencialidades turísticas do município, David uniu a sua produção ao turismo e, ao ar livre em pleno céu aberto na sua oficina, oferece um delicioso café com bolo, pão, suco, entre outras guloseimas ao turistas enquanto apreciam as suas peças expostas a venda em clima de harmonia e descontração.

David é um dos diversos artistas que estão inseridos na folheteria produzida pelo Sebrae-PB. Ele revela que através desse trabalho de consultoria a vida dele e dos demais artesões distrito da Ribeira, abriu-se um leque de oportunidades, a exemplo da participação este ano do 22º Salão de Artesanato da Paraíba em Campina Grande, maior encontro de produtos artesanais paraibanos contando com artesãos e artesãs de 79 municípios, “foi através dessa consultoria que nos veio a oportunidade de expor os nosso produtos no Salão de Artesanato, então eu digo que quando há parceria, vontade política e cooperação, é possível superar as dificuldades e empecilhos em nossa vida”, argumento.

A oficina – Para montar a sua oficina teve muita criatividade e habilidade. Na verdade foi ele mesmo que confeccionou o seu maquinário o que tornou um custo baixo para iniciar a produção das peças. Ele usa motor tanquinho ou motor bomba nas maquinas criadas para produção especifica de determinadas peças, ou seja, para fazer uma esfera na marchetaria se utiliza um maquinário, já para esculpi a peça é outro especifico e assim por diante.

“Eu uso muito da minha imaginação e criatividade e imaginação, por isso monto meu próprio equipamento de trabalho e aproveito qualquer maquinário existente, desde que este sirva para produzir minhas peças”, disse o artesão. Mas é debaixo de um pé de Juazeiros, fundo do quintal onde sua oficina fica instalada que surgi à vontade de estar sem aperfeiçoando e moldando suas peças. O cacto, por exemplo, peça que caracteriza a sua arte, quando foi criado tinha forma mais rudimentar e hoje ele tornou-se atraente até mesmo na qualidade dos espinhos.

Serviço:

Atividade – Oficina de Davd – Marchetaria

Responsável – David Renovado da Silva

Endereço – Distrito da Ribeira – Cabaceiras

Produção – É feita artesanalmente a partir das árvores mortas do Cariri, fazendo a transformação criativa na produção de anéis, colares, flores e cactos com espinhos.

Contato – (83) 3356-9061/99330-5699/99693-7221 ou David.renovato@hotmail.com.

Fotos: Teresa Duarte