Lucy Alves promoverá um pocket show aberto ao público do seu disco solo homônimo nesta terça-feira, a partir das 18h30, no Partage shopping Campina Grande.

Na ocasião, a cantora e multi-instrumentista paraibana também distribuirá autógrafos para os fãs na Praça de Eventos.

No repertório, músicas conhecidas do universo Nordestino como as clássicas ‘Ai que saudade de ocê’ (composta por Vital Farias) e ‘Qui nem jiló’ (da dupla Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira), assim como o frevo de ‘Festa no Interior ‘ (de Morais Moreira e Abel Silva) e obras da parceria de Dominguinhos (1941-2013) e Nando Cordel como ‘De volta pro aconchego’ (sucesso na voz de Elba Ramalho) e um pout-pourri formado por ‘Gostoso demais’ e ‘Isso aqui ta bom demais’, dentre outras.

Lançado recentemente pela Universal Music, o álbum com produção de Alexandre Castilho também apresenta uma composição da própria Lucy Alves em parceria com o pai, conhecido artisticamente como Badu: ‘Amor a perder de vista’, música que foi lançada anteriormente pelo grupo Clã Brasil.

O disco traz ainda a participação de Alceu Valença na regravação de ‘Morena Tropicana’ e a inédita ‘Se você vai, eu vou’, composição de Carlinhos Brown (seu padrinho no programa global The Voice Brasil, onde Lucy foi uma das quatro finalistas) e Marisa Monte.

Audaci Junior

Jornal da Paraíba