Claudia Sender, presidente da Latam Brasil – Foto: Divulgação

Em entrevista ao jornal O Globo, a presidente a Latam Brasil, Claudia Sender, afirmou que a empresa cortará 35% da sua oferta de assentos para os Estados Unidos. De acordo com ela, a demanda para o destino caiu cerca de 50% nos últimos dois anos. Na mesma entrevista – que foi publicada no último sábado (02) – Claudia revelou que a companhia adiou os planos para o hub do Nordeste.

“O brasileiro usava os Estados Unidos como um destino de compras. E aí, quando já não é tão interessante fazer o enxoval em Miami ou fazer compras nos outlets… Os outlets de Miami e de Nova York entraram numa grande crise com a desvalorização do real”, afirmou. “Mesmo com a crise, o Nordeste continua sendo a esquina do continente. Ele tem posição geográfica estratégica para ser o ponto de conexão entre América do Sul e Europa. Continua sendo um objetivo estratégico para a gente. Mas, dado o nível de demanda hoje, tem que ser levado com um pouco mais de cautela”, complementou.

M&E

Foto: Divulgação