João Pessoa é uma das Top 15 cidades favoritas do nordeste pelos viajantes brasileiros

0
178
João Pessoa - PB

Mesmo que dispense comentários, as maravilhas do nordeste brasileiro merecem ser ostentadas sempre que há uma brecha. E nesse caso, é exatamente isso que vamos explorar nesse post. Compreendendo a área que vai do Delta do Parnaíba ao Recôncavo Baiano, as atrações do litoral nordestino estão espalhadas pelos belíssimos quase 3 mil quilômetros de costa sempre acompanhados das paisagens típicas entre suas dunas, falésias, restingas e manguezais.

Levando em consideração o alto índice de satisfação dos usuários certificados da Expedia Brasil, listamos as top 15 cidades favoritas do Nordeste. Aproveitamos a abundância de história, cultura e diversão para destacar alguns programas e lugares que devem ser considerados a entrar na programação.

  1. Fortaleza, Ceará

Espalhadas pelos seus 34 quilômetros de litoral, suas lindas praias são o ponto de encontro dos turistas que encontram opções para todas as tribos. A mais movimentada e famosa pelas suas barracas que incluem massagem, salão de beleza e playground é a praia do Futuro – já fica a dica de onde ficar em Fortaleza. Já em Meireles vale a pena aproveitar pra conhecer o Mercado Central e a Feirinha da Beira-Mar. Para a criançada o Beach Park é imperdível.

2. Salvador, Bahia

É uma coisa mais linda que a outra. O Pelourinho, o Elevador Lacerda e até subir a Colina Sagrada para visitar a Igreja do Bonfim e garantir sua fitinha são os passeios tradicionais que não devem ser ignorados. Daí, dá pra passear pela Avenida do Contorno e escolher um dos ótimos restaurantes da Bahia Marina e até encontrar os melhores hotéis em Salvador. Não se despeça da cidade sem experimentar o acarajé da Cira, o sorvete da Ribeira e o pôr do sol no Farol da Barra.

Elevador Lacerda em Salvador

O Elevador Lacerda em Salvador.

3. Recife, Pernambuco

Porta de entrada do Nordeste brasileiro, a cidade é considerada o primeiro polo gastronômico da região. Os finais de semana se tornam ainda mais especiais com os programas Recife Antigo do Coração – todos os domingos o Bairro do Recife se transforma em um grande parque a céu aberto; e o Sensibilização Turística do Recife, onde são oferecidos passeios gratuitos de catamarã, bicicleta, caminhadas e muito mais. (É necessário se inscrever nas sextas-feiras que antecedem os passeios pelo site www.olharecife.com.br).

bairro do Recife Antigo

Recife Antigo.
Foto por: Raul DS (Flickr) [CC BY 2.0 (http://creativecommons.org/licenses/by/2.0)], via Wikimedia Commons

4. Natal, Rio Grande do Norte

Seja a “Cidade do Sol”, a “Terra do Camarão”, ou mesmo a “Capital Mundial do Buggy”, a linda cidade onde nasceu o forró tem atrações a perder de vista. Nas areias, a diversão se concentra nas praias de Ponta Negra e do Forte – onde está a Fortaleza dos Reis Magos. No sentido norte, na Praia da Redinha vale visitar o Aquário Natal, a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes e ainda comer uma “ginga com tapioca” no Mercado Público.

5. Maceió, Alagoas

Banhada por lagoas e um mar verde-azulado, a capital de Alagoas é também conhecida como o “Caribe Brasileiro”. Suas paisagens incomparáveis podem ser exploradas com um passeio pela ciclovia da Praia do Pontal da Barra até a Praia da Jatiúca. O passeio de barco na Lagoa Mundaú e Manguaba, e o passeio de jangada até a piscina natural de Pajuçara são praticamente obrigatórios. Para se lambuzar, sorvete de cajá ou graviola, ou ainda as delícias na Praia de Riacho Doce como bolo de macaxeira, beiju e as cocadas.

6. Porto Seguro, Bahia

A festa em Salvador acontece o ano inteiro. O complexo de lazer à beira-mar Axé Moi, na agitada praia de Taperapuan, garante a diversão todos os dias. O Corredor Cultural Pacatá, conhecida como a Rua do Mangue, abriga charmosos bares, pousadas e restaurantes e também reúne eventos, oficinas e apresentações culturais. Distante uma hora do centro, dá pra conhecer o Quadrado de Trancoso ou ainda passar o dia no Arraial d’Ajuda Eco Park.

O belo centro histórico da cidade

7. Porto de Galinhas, Ipojuca, Pernambuco

Os recifes de corais protegem grande parte das belíssimas praias de Porto de Galinhas. Para explorar seu litoral, o passeio de buggy é o mais recomendado. Maracaípe é o ponto de encontro dos esportes aquáticos. Muro Alto é um paraíso e possui a piscina natural mais profunda da região (10 metros). A praia da Vila de Porto de Galinhas é super agitada e é de lá que saem as jangadas para levar às piscinas naturais. E tradição é visitar o Ateliê do Carcará e provar a típica culinária pernambucana no João Restaurante.

Porto de Galinhas

8. João Pessoa, Paraíba

A simpática capital paraibana ostenta um pôr do sol de se emocionar, principalmente ao som de um bolero. Na Praia do Jacaré, todos os dias às 17h o saxofonista Jurandy do Sax executa o ‘Bolero de Ravel’ em um barquinho, enquanto o sol se põe. Embaixo d’água, as piscinas naturais do Seixa e de Picãozinho são um prato cheio para os amantes do mergulho. Em Tambaú você encontra os produtos típicos no Mercado de Artesanato da Paraíba, destaque para o licor de umbu.

9. Aracaju, Sergipe

Nos seus 35 quilômetros de litoral, atração é o que não falta na capital. Às margens do rio Sergipe, a orla do Bairro Industrial é um dos novos atrativos turísticos de Aracaju. O movimento também é constante na Praia de Atalaia onde estão o Oceanário, o Centro de Arte e Cultura e a Passarela do Caranguejo, sempre animada com muito forró. Para quem busca tranquilidade, o povoado de Mosqueiro mais ao sul da costa é o lugar ideal.

10. Maragogi, Alagoas

Aqui as pousadas pé na areia já são uma atração à parte. O outro espetáculo fica por conta das Galés de Maragogi: o conjunto de três piscinas naturais que formam o principal cartão-postal da cidade. Para descobrir as outras belezas do litoral norte alagoano, o passeio de buggy percorre cerca de 20km (dos 22km de costa) em um tour de duas horas. Dica dos locais: para ver as galés o ideal é em fase de lua cheia e evitar o período de chuva entre abril e julho. E em outubro acontece o Festival da Lagosta e o tempo é perfeito para prática de esportes à vela.

11. Cairú, Morro de São Paulo, Bahia

Antes habitada pelos índios Aimorés, Cairú é o único município arquipélago do Brasil. Dividida basicamente em cinco praias principais, Morro de São Paulo revela um clima todo especial. Boa localização: Primeira Praia. Agito é com a Segunda Praia. O mergulho é o forte da Terceira. Na Quarta e na Praia do Encanto é onde está o sossego, são semi-desertas. Um passeio incrível é a “Volta a Ilha de Tinharé” com saídas da Terceira Praia ou do cais. Tem também o passeio de barco ou a caminhada na trilha que vai de Cueira até a Boca da Barra.

12. São Luís, Maranhão

Dona do maior conjunto arquitetônico de azulejos portugueses da América Latina, São Luís abriga cerca de 3.500 belas construções em seu charmoso centro histórico. A mistura da cultura nordestina com a excentricidade da região Norte é outra marca forte nos seus costumes e tradições. Dá pra conferir muito dessa história na Casa do Maranhão e na Casa de Nhozinho. Reserve um dia para apreciar o pôr do sol em frente ao Palácio dos Leões.

13. Teresina, Piauí

A única capital do Nordeste que não fica no litoral tem encantos que vão além do imaginário. Os modernos bairros de São Cristóvão e Fátima concentram os melhores restaurantes e o agito noturno. Já no Parque Ambiental Encontro dos Rios dá para relaxar saboreando a culinária local no Restaurante Flutuante enquanto admira as paisagens do encontro dos rios Poti e Parnaíba. O bairro Poty Velho é o reduto das cerâmicas com uma infinidade de produtos artesanais.

14. Aracati, Ceará

Terra dos índios Potyguara, Aracati guarda um rico patrimônio de belíssimas construções dos séculos 18 e 19. Suas falésias coloridas e seus coqueirais fazem tanta fama quanto o título de “melhor carnaval do Ceará”. A Praia da Canoa Quebrada é uma das mais concorridas. As barracas gigantescas do lado esquerdo concentram o agito e os quiosques menores do canto esquerdo são para quem procura mais tranquilidade. Vale a pena fazer o passeio de buggy até Ponta Grossa e também visitar o Refúgio Dourado em Majorlândia.

15. Barreirinhas, Maranhão

No maior município da região, o ponto de encontro é a Avenida Beira-Rio que reúne a maioria dos restaurantes, bares e barracas de artesanato. Em julho a cidade fica em festa com a tradicional festa da Vaquejada. Barreirinhas é ainda a principal porta de entrada pro Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Vale lembrar que para entrar na reserva é necessário o acompanhamento de um guia. Já para explorar as trilhas de areia e rios da região, somente com veículos 4×4 ou de barco.

Assessoria