Iphaep e Unipê realizam Convênio de Cooperação Técnico, Científico e Cultural

0
186
Assinatura de Convênio entre Iphaep e Unipê - Imagem: Herbert Clemente / Divulgação

A partir do próximo mês de agosto, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep) e o Unipê – Centro Universitário de João Pessoa vão desenvolver uma parceria que envolve a pesquisa, extensão, estágio, assistência técnica e educação patrimonial, nas áreas de restauração e conservação, arqueologia, documentação e arquivologia do patrimônio histórico cultural material e imaterial paraibano. O termo de Convênio de Cooperação Técnico, Científico e Cultural já foi assinado e começa a ser executado durante as aulas do semestre 2017.2, na instituição de ensino superior.

“Este convênio é muito importante, pois vai permitir que o Iphaep receba a contribuição dos alunos e professores, no sentido de um olhar de quem está de fora do instituto patrimonial, mas que está atento às perspectivas técnicas construtivas que queremos ver em nossa cidade e também contribuir com a formação profissional do alunado”, disse a diretora executiva do Iphaep, Cassandra Figueiredo.

Já o professor Oswaldo Trigueiro do Valle, vice-reitor do Unipê, destacou: “É muito bom ver realizada a missão com que sempre sonhamos: a participação da nossa academia, no sentido de que o conhecimento se transforme em uma prática e seja repassado à sociedade”.

Restauração – Num primeiro momento, ainda neste ano letivo, o convênio vai permitir que haja a ampliação na linha das disciplinas ofertadas pela universidade, passando-se da visão generalista do patrimônio para o enfoque na restauração e na conservação. Segundo o professor Pier Paolo, responsável pela Coordenadoria de Arquitetura e Urbanismo do IPÊ, antes da celebração do Termo de Cooperação, as disciplinas ofertadas eram: Restauração e Revitalização I e II, Projeto Urbano e Ambiental 4 e Projetos Arquitetônicos 6.

“Agora, vamos poder dar mais liberdade ao aluno, permitindo a ele não apenas uma visão teórica, que é importantíssima, mas também a leitura e o conhecimento da prática da normatização (como, por exemplo, os recuos e os gabaritos)”, explicou o professor Paolo. “Isso vai acontecer já agora, neste semestre que está começando em agosto, através de uma maior oferta das disciplinas dentro da instituição, como também com a possibilidade de que possam acontecer os estágios curriculares no Iphaep”, adiantou, destacando que, para um futuro próximo, as duas instituições vão estar ainda mais unidas, implantando um trabalho específico de restauração dos bens patrimoniais paraibanos.

O Termo de Convênio de Cooperação Técnica, Científica e Cultural, assinado entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba e o Centro Universitário de João Pessoa, é composto de 13 Cláusulas. Elas explicitam Do Objeto ao Foro, passando, ainda, por itens como: Da execução e Dos termos aditivos e Do sigilo.

Na Cláusula Décima Segunda – Da Vigência está dito que o convênio entrará em vigor a partir da data da sua assinatura por um período de dois anos, podendo ser prorrogado termo aditivo específico. Conforme garantiu a diretora do Iphaep, Cassandra Figueiredo, o documento será apresentado à sociedade. “Ainda estamos definindo o dia, mas, com certeza, o evento está marcado para acontecer no próximo mês de agosto”, observou.

Secom PB