O prefeitura de João Pessoa, inaugurou, ontem, as obras de duplicação e urbanização da Avenida João Cyrillo Costa, no Altiplano, mais conhecida como Avenida Panorâmica. A obra, com investimento total de R$ 3,6 milhões, pretende ampliar e qualificar a mobilidade entre os bairros da Orla e da zona Sul da Capital. O evento faz parte das comemorações pelos 429 anos de João Pessoa.

“Esta é uma intervenção muito importante para melhorar a mobilidade urbana em uma das regiões que mais crescem na nossa Capital”, destacou o prefeito Luciano Cartaxo. “A Avenida Panorâmica passou por um completo processo de reestruturação, e com isso podemos assegurar mais tranquilidade e segurança no acesso a diversos bairros de João Pessoa”, complementou.

No total, a PMJP duplicou 2,7 quilômetros de extensão da Avenida Panorâmica, que ainda ganhou três novas rotatórias, nova sinalização de trânsito, canteiro central, nova iluminação, calçada, ciclovias e paisagismo, com o plantio de 90 palmeiras ornamentais.

A intervenção compreende o trecho que vai do girador da Avenida Beira-Rio até a Avenida Governador Antônio Mariz (via que liga o bairro de Quadramares à Avenida Hilton Souto Maior).

Mobilidade – A entrega da obra pela Prefeitura mudou não só o visual da Avenida, como também a vida da população que mora no Altiplano e nos bairros da zona Sul. A duplicação e urbanização da via possibilita melhorias imediatas no fluxo de veículos entre os bairros do Cabo Branco, Quadramares, Seixas, Penha, Bancários e Mangabeira.

A construção de três novas rotatórias é uma das ações que contribuem para essa melhoria. A primeira delas dá acesso à Rua Franciscano do Amaral, no Altiplano; a segunda está localizada na entrada da Avenida João Crisóstomo, em direção aos Bancários; e a última no acesso à Avenida Antônio Mariz em direção a Avenida Hilton Souto Maior.

Iluminação – Um dos destaques da nova Avenida Panorâmica é a iluminação, que segue o padrão utilizado pela PMJP para as grandes avenidas da cidade. As antigas lâmpadas de vapor de sódio, de luz amarela, foram substituídas por lâmpadas de vapor metálico, de luz branca, garantindo maior claridade e mais economia. Foram instalados 158 pontos de luz, cobrindo uma extensão total de quatro quilômetros.

Secom/JP
Foto: divulgação