Hotel Boutique Guest Urban se destaca como um espaço para eventos em São Paulo

0
184
Hotel Boutique Guest Urban - Imagem: Karine Basílio / Divulgação

Hotel Boutique Guest Urban se destaca como um espaço para eventos em São Paulo

Também procurado para a realização de coquetéis e eventos intimistas para artistas, a propriedade oferece aos clientes bikes e cartões de transporte e dicas descoladas para explorar a metrópole

Hotel-boutique com a cara da capital, o Guest Urban não se restringe a um sobrado de 450m2 totalmente restaurado e localizado na Rua Lisboa, distante apenas a uma quadra da efervescente Praça Benedito Calixto, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Por ter um ambiente moderno e intimista, o deck e outros espaços comuns do Guest Urban recebe eventos corporativos e reuniões sociais. “Muitas empresas alugam o espaço inteiro para eventos corporativos. Percebendo esta necessidade, e para atender estas solicitações, passamos a focar no atendimento e realização de eventos corporativos e coquetéis sociais”, comenta um dos sócios, Fábio Queiroz.

Espaço ideal para degustação de produtos e recepções, por exemplo, a cozinha do Guest Urban –, pensada para sediar eventos intimistas –, é integrada aos jardins do fundo da casa, para até 120 convidados ou 250 pessoas quando integrada à viela da casa.

Idealizado pelos proprietários Fábio Queiroz e Demian Figueiredo, o Guest Urban se integra à paisagem de Pinheiros e proporciona ao hóspede a possibilidade de viver, integralmente, como um local – fato cada vez mais primordial em viagens, mas nem sempre possível. Além de ter um ótimo custo-benefício, o intimista hotel-boutique de permite ao hóspede se conectar totalmente à cidade.

Em suas 14 suítes, os hóspedes podem desfrutar de um conceito de hospedagem em que são estimulados a se inserir, por diferentes formas, no multifacetado universo paulistano – por exemplo, os quartos são classificados de acordo com a metragem, como Alamedas, Ruas e Avenidas.

Além de transmitir uma atmosfera perfeita para uma estadia confortável, o modelo de gestão e hospitalidade concebido pela Officinatres, das sócias Heloisa Mader e Cristina Soares (que têm o Belmond Copacabana Palace e o Refúgio Ecológico Caiman, entre outros clientes), seleciona dicas de acordo com o interesse individual do hóspede, oferecendo uma bike ou cartão de transporte coletivo para explorar as muitas atrações da sétima cidade mais populosa do mundo. A paleta de cores que domina a decoração e o projeto arquitetônico remete à atmosfera dos casarões com a cara de instalações industriais dos anos 60. Há também a reprodução do preto e branco que estampa as calçadas de pedriscos que revestem as calçadas paulistanas.

O projeto surgiu há dois anos a partir das inquietações dos dois empreendedores. “Amamos São Paulo e percebemos que faltava algo íntimo, confortável e com a cara da cidade”, explica o chef Figueiredo, paulistano formado em Administração de Empresas e Gestão Hoteleira. “Sempre digo que meu trabalho não é cozinhar, mas transformar nossos clientes em grandes anfitriões. Agora é a hora de empregar meu conhecimento para acolher e facilitar a descoberta da cidade que vivo e nasci”, afirma.

Para Queiroz, Relações Públicas carioca, radicado em São Paulo há duas décadas, “simplificar a estadia e informar as pessoas curiosas com dicas atualizadas e descoladas dá uma grande satisfação”. Complementarmente, diz que o website da casa (www.guesturbansp.com.br) faz o papel de um portal de turismo local, com abas específicas para o hóspede e, também, para qualquer internauta – até mesmo paulistano, tendo ele feito ou não o seu check-in. Como destaque, na aba SP Revelada, os sócios dão dicas sobre o que conhecer, como insider, destinos de todas as áreas, sejam culturais, gastronômicos, de festas ou noturnos – um verdadeiro facilitador para o turista.

Localização e projeto

Erguido num sobrado da década de 1960, com cerca de 450 m2, o hotel se localiza em um bairro efervescente, sempre tomado de festas, restaurantes, eventos e galerias de arte e, por si, representa um local que assume a tendência de ser ocupado por pessoas que gostam do novo, da arte e do coletivo.

O projeto de arquitetura do Guest Urban é assinado pelo Substudio, de Isabel Nassif e Renata Pedrosa, escritório que também está por trás de projetos de grande reconhecimento, como os da Galeria Baró e do Bar Mandíbula. O décor tem o toque de Carla de Lima Ribeiro, da Pair Office, que garimpou peças únicas e móveis com história para os três andares da propriedade. Internamente, e espalhadas por todos os ambientes, obras de arte da Compota Edições Ltda. que estão à venda e garantirão completa fusão e constante transformação.

Já as áreas externas, como o jardim frontal e o que está na parte de trás do imóvel, contam com projeto paisagístico da Passe Ar Verde. Logo na entrada, uma bela praça – inspirada nas vilinhas típicas do próprio bairro – dotada de wi-fi e aberta à rua, dá as boas-vindas aos hóspedes. O estilo no look cosmopolita dos colaboradores também se alinha ao modelo de hospitalidade do Guest Urban. As peças criadas pela estilista Dedé Bevilaqua se adéquam ao modelo confortável e essencial da loja basico.com: camisa jeans e calça grafite-chumbo de algodão pima peruano, e tênis brancos.

Além do café da manhã, produtos exclusivos são vendidos na recepção para consumo nos quartos – já que o hotel indica restaurantes, mas não serve refeições. Entretanto, uma cozinha muito bem equipada, integrada aos jardins do fundo da casa, é um espaço ideal para degustação de produtos e coquetéis para até 120 convidados ou 250 transeuntes quando integrada à bucólica viela.

Assessoria