Hotel boutique Guest Urban comemora dois anos e recebe obras de arte da galeria 55SP

0
106

Hotel boutique Guest Urban comemora dois anos e recebe obras de arte da galeria 55SP

Para comemorar seu segundo aniversário, o Guest Urban Hotel recebe obras de arte da galeria 55SP. As 14 suítes da propriedade apresentarão fotos da cidade de São Paulo e de diferentes lugares do mundo clicadas por nomes proeminentes da fotografia como os brasileiros Jacques Dequeker, Tavinho Costa, Gui Morelli e Gustavo Camilo

No lobby do hotel, os hóspedes encontrarão itens colecionáveis, como as bandeiras em tecido orgânico serigrafadas de Rodrigo Marques com imagem do edifício Copan, a linha própria de velas inspiradas na arte neo-concreta e outros itens para quem gosta de presentear arte.

A 55SP tem como princípio difundir a arte contemporânea, fomentando o novo colecionismo e a relação do comprador com a arte e a produção artística, divulgando artistas novos e já consolidados. O acervo se estende a publicações, objetos, esculturas, arte sonora como discos de vinil e outros meios, com o mote “arte pode ser acessível”.

Guest Urban_sala cafe da manhaHotel-boutique com a cara da capital, o Guest Urban não se restringe a um sobrado de
450m2 totalmente restaurado e localizado na Rua Lisboa, distante apenas a uma quadra da efervescente Praça Benedito Calixto, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Idealizado pelos proprietários Fábio Queiroz e Demian Figueiredo, o Guest Urban se integra à paisagem de Pinheiros e proporciona ao hóspede a possibilidade de viver, integralmente, como um local – oferecendo uma bike ou cartão de transporte coletivo para explorar as muitas atrações da sétima cidade mais populosa do mundo.

IMG_00951Em suas 14 suítes, os hóspedes podem desfrutar de um conceito de hospedagem em que são estimulados a se inserir, por diferentes formas, no multifacetado universo paulistano – por exemplo, os quartos são classificados de acordo com a metragem, como Alamedas, Ruas e Avenidas.

A paleta de cores que domina a decoração e o projeto arquitetônico remete à atmosfera dos casarões com a cara de instalações industriais dos anos 60. Há também a reprodução do preto e branco que estampa as calçadas de pedriscos que revestem as calçadas paulistanas. Logo na entrada, uma bela praça – inspirada nas vilinhas típicas do próprio bairro – dotada de wi-fi e aberta à rua, dá as boas-vindas aos hóspedes.

Além do café da manhã, produtos exclusivos são vendidos na recepção para consumo nos quartos – já que o hotel indica restaurantes, mas não serve refeições. Entretanto, uma cozinha muito bem equipada, integrada aos jardins do fundo da casa, é um espaço ideal para degustação de produtos e coquetéis para até 120 convidados ou 250 transeuntes quando integrada à bucólica viela.

 

Guest Urban