Cresce a cada dia o interesse das empresas em terceirizar a gestão das informações e documentos de viagens, principalmente das despesas relacionadas à hotelaria.

O Grupo TX, que atua há 15 anos no setor de viagens corporativas, oferece soluções que permitem tirar conclusões relevantes sobre esta importante conta de despesas, através da extração de dados de documentos de hospedagens, relatórios de prestação de contas das viagens e de extratos de despesas em cartões corporativos.

Os hotéis já praticam mundialmente as tarifas flutuantes e, no Brasil, esta prática vem gradativamente ganhando força. Se por um lado o mercado tende a se acomodar na lei da oferta e da procura, é cada vez mais importante a tomada de decisão sobre as compras deste setor.

As ferramentas online de reservas e a comparação de preços entre vários fornecedores, atreladas à correta observância da política de viagens estabelecida pela empresa, são fatores-chave para o sucesso nesta difícil arte de comprar bem quando os preços são flutuantes, ou seja, variam de acordo com a antecedência da compra e sazonalidade, por exemplo.

Mas não basta reservar os hotéis e outros serviços da melhor forma possível. O método de pagamento e a auditoria nos preços e documentos também contribuem para uma saudável gestão de viagens.

A integração entre a fase da reserva do hotel (despesa esperada) e a gestão dos documentos que comprovam os gastos em hospedagens (despesa realizada) é o foco do TXDOC, serviço disponibilizado pelo Grupo TX. Todo o processo, incluindo os recursos tecnológicos e operacionais, garante ganhos mensuráveis em produtividade, redução de custo operacional e aumento da eficácia administrativa.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Gerenciamento de Documentos (ABGD), esse mercado cresce 10% ao ano, alcançando em 2013 mais de R$ 2 bilhões de faturamento com a expansão no volume de digitalizações.

Por Walter Teixeira, presidente do Grupo TX

Diario do Turismo