De extenso território e terras férteis, o Brasil destaca-se como grande produtor agrícola. São diversos tipos de solos existentes, cada um com características marcantes. No nordeste encontramos o solo massapé, cujo é excelente para a prática da agricultura por ser considerado muito fértil. Hoje trago para vocês algumas Frutas Nordestinas. Vamos inserir na dieta estas maravilhas nutricionais que encontramos em abundância aqui?

cajá2 >> Cajá: apresenta uma casca fina e lisa, geralmente de cor alaranjada, e uma polpa suculenta de sabor exótico e agridoce. Muito utilizada no nordeste na fabricação de sucos, batidas, licores, picolés, sorvetes e sobremesas. Pode ser encontrado o ano todo. Na Paraíba é abundante entre os meses de maio e junho. Riquíssimo em betacaroteno que atua na proteção da pele e mucosas, com efeito antienvelhecimento, reduz a incidência de doenças cardíacas, aumenta a imunidade, diminui a fadiga, por ser rica em cálcio previne a osteoporose, suas fibras combatem a constipação, também tem boa quantidade de magnésio, potássio, fósforo, ferro, vitamina B e C.

 

 

>>Caju: muita gente não sabe, mas o fruto do cajueiro é a castanha, esta que é sustentada por uma haste, pedúnculo floral, pseudofruto carnoso e suculento de coloração variada entre amarelo, laranja e vermelho. A colheita é realizada entre agosto e janeiro. Uma delícia consumida ao natural, mas também muito usado para fazer compotas e doces divinos, sucos, passas, sorvetes, licores, etc. A castanha é cajútorrada e usada como aperitivo ou para fazer preparações com arroz, carnes, etc. Seu teor de vitamina C é maior que o da laranja, uma vitamina antioxidante que combate os radicais livres e fortalece o sistema imunológico; também fonte importante de ferro que combate anemia; Niacina, vitamina do complexo B, ótima para pele; suas fibras contribuem para o emagrecimento, controlando a saciedade e fazendo o intestino funcionar corretamente; o óleo da castanha é um potente antisséptico, ajuda na cicatrização de feridas; possui gorduras monoinsaturadas que protegem o coração e reduzem colesterol ruim e triglicérides elevados; e muito mais. O caju é uma fruta de grande valia para a saúde de um indivíduo.

 

fruta-pão

>>Fruta-pão: fruto redondo, grande (chega a pesar mais de 2kg), de casca verde amarelada e poupa doce, possui duas variedades: uma com sementes (a polpa não é comestível e sim as sementes/caroço de excelente qualidade nutritiva consumidas como castanha) e outra sem. Desenvolve-se em clima tropical úmido, muito encontrada em pomares de quintais no litoral nordestino. Possui vitaminas C, B1,B2,B5; minerais como cálcio, fósforo, potássio e ferro. Tem propriedades laxantes, suas folhas podem ser preparadas no banho contra dores reumáticas e aplicação de suas fatias em combate furúnculos. É consumida cozida, frita ou assada. Ótima aliada na dieta para substituir o pão branco, pois 100g dessa fruta possui apenas 67 calorias, quase nada de gordura e 1mg de sódio, com 80,9% é água.

 >> Graviola: tem casca verde, forma ovalada, de polpa branca suculenta e de sabor agridoce com muitas sementes pretas. Muito graviolaconsumida em suco e sorvetes pelo sabor doce delicado. Tem propriedade diurética, sedativa, antiespasmódica, vermífuga, expectorante, adstringente, anti-inflamatória e antirreumática. Diante dessas propriedades, seu consumo ajuda no tratamento de doenças como: gastrite, úlcera, problemas digestivos, obesidade, doenças do fígado, insônia, depressão, enxaquecas, vermes, gripes, diarreia e reumatismos. Também é importante no tratamento da hipertensão, cujo seu efeito colateral é o fato de baixar a pressão arterial. Sua contraindicação é para indivíduos hipotensos, grávidas (pode provocar aborto) e quem está com ferimentos na boca ou aftas, pois a acidez da fruta pode provocar dor. Existem estudos de que a graviola possa ser usada no tratamento do câncer, sobre substâncias presentes na polpa e nas folhas, mas nada comprovado. Possui quantidade significativa de vitamina C, B1 e B2, Cálcio, magnésio e potássio.

mangaba>>Mangaba: pequena e de cor amarelo-alaranjado, a mangaba faz sucesso como suco, compotas, geleias, sorvetes, etc. Extremamente rica em ferro e vitamina C, mais do que outras frutas mais cítricas, o que ajuda a curar gripes. Também tem vitamina A, B1 e B2. Tem ação anti-hipertensiva (o chá de suas folhas tem ação vasodilatadores), antiulcerogênica, digestiva, laxante, etc. Porém seu consumo é contraindicado quando a fruta estiver verde. Seu tronco fornece um látex que chamam de “leite da mangaba”, que foi usado na segunda guerra mundial para fabricar borracha.

 

pitomba>>Pitomba: Não é usada em preparações culinárias, o interessante é abrir sua casca marrom quebradiça e chupar a carne, degosto ácido, suculenta e branca ao redor do seu caroço. É rica em vitamina C. Segundo medicina caseira, suas folhas fazem um chá que combate as dores reumáticas e do seu caroço efeito adstringente e no tratamento de diarreias graves.

 

 

 

Faz bem conhecer e desfrutar dos alimentos típicos de onde moramos. Agora você já pode inserir as Frutas Nordestinas na dieta.

Camila Gadelha