Por Mônica Melo

O 5º Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa continua nesta terça-feira (28) com quatro masterclasses de violino, viola, violoncelo e piano e quatro concertos. O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Ministério da Cultura.

A programação começa às 10h, no Hotel Globo. No local, será realizada a masterclass de viola, ministrada pela violista islandesa, Ásdís Valdimarsdóttir. Nascida em Reykjavik (Islândia), Ásdís possui mestrado na Juilliard School em Nova York e na Escola de música em Detmold (Alemanha), onde seus professores principais foram Paul Doktor e Nobuko Imai. Atualmente é membro docente de viola e música de câmara no Conservatório Real de Haia (Holanda).

Também às 10h no Hotel Globo, a masterclass de violino será realizada pela brasileira Ana de Oliveira. A violinista graduou-se na classe de Rainer Kussmaul na Escola Superior de Música em Freiburg (Alemanha), onde viveu por nove anos. Apresentou-se como solista com diversas orquestras no Brasil e na Europa e como camerista em importantes festivais, entre eles Montreux (Suíça), La Villette (França), Warchauer Herbst (Polônia), Donaueschingen (Alemanha), Campos do Jordão e MIMO.

No mesmo horário, no Centro Cultural Casa da Pólvora, acontece a masterclass de violoncelo com a violoncelista georgiana, Ketevan Roinishvili. Vindo de uma família musical de Tbilisi (Geórgia), Ketevan estudou no Music Gymnasium com o professor Mikheil Khoshtaria e posteriormente no Conservatório de Tbilisi com a professora Tamara Gabrashvili. Recebeu o diploma de Bacharelado com o Professor Dmitri Ferschtman no Conservatório de Amsterdam. Estudou na “Musik und Darstellende Kunst” (Escola de música de Viena, Austria) com o professor Reinhard Latzko. Logo depois terminou seus estudos no Conservatório de Amsterdam com Floris Mijnders com o mais alto grau, Cum Laude.

Também às 10h, na Igreja de São Francisco, a masterclass será realizada pelo pianista ucraniano Victor Stanislavsky. É aclamado como um dos mais famosos jovens pianistas em Israel na atualidade. Sua carreira internacional o levou a muitos países da Europa, do Extremo Oriente e da América do Norte e do Sul. Na última temporada de concertos, ele fez mais de 70 apresentações como solista, recitalista e músico de câmara. Vencedor de mais de 13 prêmios em competições na Itália, Andorra, China, EUA e Israel.

Concertos – No turno da tarde, às 14h, no Mosteiro de São Bento, se apresentam no primeiro concerto do dia os intérpretes Ana de Oliveira (violino), Dhian Toffolo (viola) e Marcus Ribeiro (violoncelo). No programa Mozart e Liduino Pitombeira.

Já às 16h, na Primeira Igreja Batista, será a vez das intérpretes brasileiras Felícia Coelho (flauta) e Isabella Perazzo (piano). No programa, compositores como Bach e Rachmaninoff , entre outros. Natural de João Pessoa, Felícia Coelho é mestre em performance musical (flauta) pela Louisiana State University-LSU (EUA) e bacharel em música com habilitação em flauta pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Isabella Perazzo é bacharel em Piano Performance e mestre em Collaborative Piano pela University of Utah (EUA), onde estudou nas classes das professoras  Heather Conner e Susan Duehlmeier.

Às 18h, na Igreja do Carmo, Tosca Opdam (violino),  Asi Matathias (violino), Vilém Kijonka (viola) e Tomasz Daroch (violoncelo) serão as atrações. O programa é composto por músicas de A. Dvorak.

Encerrando a programação do dia, às 20h, na Igreja São Francisco, o concerto de violino, viola, violoncelo e flauta com os músicos Lucie Horsch, Masha Iakovleva, Dimiter Tchernookov, Ásdís Valdimarsdóttir e Ketevan Roinishvili. Lucie Horsch começou a carreira com nove anos, com sua interpretação na televisão da “Dança Húngara nº 5” de Brahms em um concerto popular no Prinsengracht (Famoso canal de Amsterdam) sob a regência de Jurjen Hempel causou uma sensação nacional.

Masha Iakovleva é nascida em Moscou onde teve suas primeiras aulas com Bojarskaya aos 7 anos de idade. Tem se dedicado intensamente com concertos beneficentes na Holanda para ajudar a Ação Social pela Música – Núcleo João Pessoa (ASMJP).

O violinista franco-búlgaro Dimiter Tchernookov é descrito como “um músico que pode realmente dar uma voz humana, a música”, e “um solista com uma tecnologia brilhante”; crítica do seu debut no Carnegie Hall com o Grand Air Trio. Em 2011, Tchernookov se mudou para Amsterdam onde construiu uma brilhante carreira orquestral.

Nascida em Reykjavik (Islândia), Ásdís Valdimarsdóttir possui mestrado na Juilliard School em Nova York e na Escola de música em Detmold (Alemanha), onde seus professores principais foram Paul Doktor e Nobuko Imai. Atualmente é membro docente de viola e música de câmara no Conservatório Real de Haia (Holanda).

Ketevan Roinishvili recebeu o diploma de Bacharelado com o Professor Dmitri Ferschtman no Conservatório de Amsterdam. Ketevan ganhou vários prêmios nacionais e internacionais entre os quais o Concurso Nacional da Geórgia e o Concurso Internacional Servais. Ela trabalhou com músicos como Dmitri Ferschtman e Natalia Gutman e faz parte do ‘Quarteto Mirovia’.

Festival – O evento terá o total de 23 concertos nas igrejas do Centro (Igreja de São Francisco, do Carmo, da Misericórdia, no Mosteiro de São Bento e na Primeira Igreja Batista) e 14 masterclasses (flauta doce, violino, viola, violoncelo e piano). O encerramento acontece no dia 2 de dezembro, com concerto da OSMJP, no Parque da Lagoa.

Informações – Todas as informações relativas ao Festival Internacional de Música Clássica como data, horário e local das apresentações, além da biografia dos artistas e programas que serão executados estão disponíveis no site www.musicaclassica.joaopessoa.pb.gov.br.

Secom JP