A Escola Viva Olho do Tempo realiza o “Encontro do Samba” neste sábado (17), no Ateliê Multicultural Elioenai Gomes, com apoio do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Cultura, visando arrecadar recursos para pagar os educadores da instituição. Os produtos culturais da Escola também estarão à venda no local do evento, que começa às 17h, com entrada ao preço de R$ 10. O público poderá conferir shows dos grupos “Os Bambas” e “Samba Trem das Onze”, com participação do cantor e compositor Totonho e do Coral Voz Ativa.

Totonho
Totonho

A Escola Viva Olho do Tempo é uma organização não governamental que desde 2004 desenvolve ações de fortalecimento da autoestima, dos vínculos familiares e comunitários, por meio da formação continuada de crianças, jovens e familiares de oito comunidades na região do rio Gramame, entre João Pessoa e a cidade do Conde.

Os projetos desenvolvidos através do ‘Programa Ecoeducação, Cultura, Memória e Tecnologia’ promovem atividades nas áreas de cultura digital, artes integradas (dança, teatro, música/percussão, literatura, prática dos saberes), formação de leitores, patrimônio/ memória/ museu comunitário, educação ambiental/ esporte, formação continuada para os educadores, eventos culturais e contação de histórias.

Atualmente, a equipe de educadores é formada por moradores das comunidades que compõem o Vale do Gramame, estudantes universitários que participam do processo de formação continuada desenvolvido pela organização e estão inseridos no processo de gestão compartilhada da entidade.

O “Encontro do Samba” faz parte de uma campanha que conta com a participação de artistas e ativistas culturais na promoção de shows solidários, com o objetivo de arrecadar recursos financeiros para o pagamento de alguns desses educadores.

O primeiro show solidário, intitulado “Raízes do Vale Encontro de Amigos”, aconteceu em abril e reuniu diversos artistas como Lucas Dourado, Escurinho, Chico Limeira, Regina Limeira, Gustavo Limeira, Paulo Ró, Jaqueline Alves, Rosildo Oliveira, Milton Dornellas, Gláucia Lima, Adeildo Vieira, Eleonora Falcone, Angélica Lacerda e Anderson França, no Espaço Mundo, localizado no Centro Histórico da Capital.

Secom PB