Passeios guiados mobilizam torcedores e movimentam o turismo de futebol. A maior parte dos brasileiros (92%) que assistiram aos jogos da Copa aprovaram os estádios, segundo pesquisa do Ministério do Turismo

As visitas guiadas pelas arenas de futebol vêm despertando a curiosidade dos turistas. Pelo menos cinco das 12 que sediaram o Mundial estão abertas para a visitação: a Arena das Dunas, em Natal; a Fonte Nova, em Salvador; e a Arena Pernambuco, em Recife; o Maracanã, no Rio; e o Mineirão (MG). A previsão é de que até o final do mês outras quatro passem a receber o público: Arena Amazônia (Manaus), Estádio Beira-Rio (Porto Alegre) e Estádio Nacional (Brasília) e Arena Castelão (Fortaleza). Os preços variam de R$ 7 a R$ 40. A maior parte dos torcedores brasileiros (92%) que assistiram aos jogos do Mundial avaliaram positivamente os estádios, revela pesquisa do Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas.

O estádio de Natal foi aberto aos turistas nesta quarta-feira (13). Monitores bilíngues levam os visitantes ao gramado, aos vestiários, às tribunas de imprensa e aos camarotes. Em Salvador, guias se vestem de árbitros e conduzem o passeio pela Arena Fonte Nova, conhecida como a “Fonte de Goleadas”. Juntos, guias e torcedores percorrem áreas de acesso restrito, vestiários, arquibancadas e gramado. O torcedor ainda pode contemplar o Dique do Tororó, um dos principais atrativos turísticos da cidade, a partir de um mirante na arena. O passeio dura cerca de 60 minutos e já recebeu mais de dez mil visitas no primeiro semestre.

A Arena Pernambuco, em Recife, sede de cinco jogos da Copa, também está aberta ao público, incluindo as salas de troféus. Os guias narram histórias e curiosidades ligadas ao futebol. Além disso, o entorno tornou-se ponto de encontro para atividade de lazer como caminhadas e passeios de bicicleta. Nos arredores também foi inaugurada uma escultura de bronze denominada “O Artilheiro”, como parte das homenagens ao artista plástico de Pernambuco Abelardo da Hora.

Em Manaus, a Arena Amazonas deve iniciar as visitas em setembro, tendo como atrativo um museu do futebol. O estádio encanta os turistas não só pela arquitetura, como também pelo valor socioambiental de sua construção.

Mtur
Foto: Divulgação