Especialista em vinhos afirma que bebida combina com Verão Nordestino

0
imagem divulgação

A temporada mais quente do ano dá as caras no litoral do Nordeste e traz novamente um debate para as mesas de restaurantes, bares e varandas das casas de praia: vinho é uma boa pedida para o Verão?

Os amantes e especialistas da bebida garantem que sim. Segundo João Paulo Cruz de Souza, especialista em vinhos do Extra, o Brasil ainda está aprendendo a beber vinho e descobrindo novas possibilidades, como os vinhos brancos, rosés e espumantes, acompanhantes ideais para os dias de temperatura mais quente.

“O consumo do tinto ainda é bem maior no Brasil, mesmo no Verão, mas isso vem mudando aos poucos e as pessoas estão conhecendo outros rótulos e novidades. Em geral, vinhos brancos, rosés e espumantes podem e devem ser consumidos em qualquer época do ano, não havendo necessidade de esperar um momento especial por exemplo para se abrir um espumante, ou esperar o verão para se tomar branco ou rosé. São bebidas bastante versáteis para se consumir em qualquer ocasião”, explica Souza.

Por serem servidos mais gelados, esses vinhos trazem mais refrescância para os dias e noites quentes do Nordeste. Por exemplo, brancos, rosés e frisantes devem ser servidos com temperatura entre 6° a 9° e o ideal é sempre usar um balde de gelo para manter a temperatura. Na opinião do especialista da rede, as grandes apostas para o Verão 2018 são os vinhos das uvas Sauvignon Blanc e Chardonnay. “Trouxemos uma novidade para este ano que é um vinho rosé para se consumir com gelo, trata-se de algo que está em alta na Europa, principalmente França e Reino Unido. Com isso contaremos com dez novos rótulos de rosés para este Verão”.

Mas além da bebida, para a mesa estar completa é preciso também bons pratos para harmonizar com os vinhos. E esta é outra qualidade dos vinhos mais leves: versatilidade. Em geral, a regra diz que vinhos brancos harmonizam melhor com peixes, frutos do mar, queijos leves. Já os rosés acabam sendo um ‘coringa’, sendo um intermediário entre brancos e tintos, bastante flexível na harmonização, podendo ser consumido com aperitivos, entradas leves e saladas.

O churrasco, querido da maioria dos brasileiros, também pode ter um vinho leve como acompanhamento. Geralmente as carnes vermelhas pedem um vinho tinto de corpo médio ou encorpado para lidar com a gordura, mas os vinhos frisantes tintos, brancos e os espumantes também caem muito bem. “Bem gelados na temperatura certa, esses vinhos podem acompanhar toda a refeição. Frisantes e espumantes, inclusive, ajudam na digestão. Vivemos num país tropical, por isso recomendamos os vinhos leves com churrasco no verão. Os feitos com a uva Chardonnay geralmente passam por barril e são os mais recomendados”, explica João.


Dicas do Consultor

 João Paulo Cruz de Souza, especialista em vinhos da rede Extra, aponta opções de vinhos que valem a pena serem conhecidos neste verão:

  • – Espumante Club des Sommeliers (Brasil) Brut ou Rosé – Preço Sugerido: R$ 39,90
  • – Espumante Terra Nova (Brasil) Brut, Demi-Sec ou Rosé – Preço Sugerido: R$ 30,25
  • – Espumante Chanson Royale (França) Brut ou Rosé – Preço Sugerido: R$ 39,90
  • – Vinho Frisante Club des Sommeliers (Brasil) Branco ou Rosé – Preço Sugerido: R$ 21,13
  • – Vinho Branco Reserva 120 (Chile) Sauvignon Blanc – Preço Sugerido: R$ 59,90
  • – Vinho Branco Tres Medallas (Chile) Cabernet Sauvignon – Preço Sugerido: R$ 26,90
  • – Vinho Rosé 120 (Chile) Cabernet Sauvignon – Preço Sugerido: R$ 39,90