Embratur prospecta voos e realiza ação inédita de vendas de pacotes na BTL

0
Gilson Lira, diretor de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur, e Luiz Alberto, embaixador do Brasil em Portugal - Foto: Divulgação

O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) investe cada vez mais em Portugal, o quinto mais importante mercado para o turismo brasileiro. Nesta BTL 2018 não seria diferente. Um estande de 215m², 19 expositores, atrações culturais e uma série de novidades exclusivas. Entre elas, a prospecção de voos para o Nordeste junto à TACV e a venda inedita de pacotes para o Brasil direto do estande da Embratur.

“Teremos uma ação especial no fim de semana para compradores. Selecionamos operadores indicados nos em certos destinos para venderem pacotes ao Brasil no sábado e domingo, dia de público final. Esta sem dúvidas é uma ação inédita, algo inovador dentro de feiras em que a Embratur participa. Além disso, receberemos operadores de Rússia, Inglaterra, França e Itália para manterem contato com nossos destinos. Ao invés de levarmos eles ao Brasil, convidamos para a feira aqui em Portugal para uma rodada especial de negócios”, disse Gilson Lira, diretor de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur.

Outro ponto importante é a prospecção de voos. A TACV, até então do Governo de Cabo Verde, está sendo comprada pela Iceland Air. Investimentos e novas aeronaves chegarão e passarão a fazer parte do dia a dia da companhia. Em reunião realizada nessa terça-feira (28), Gilson Lira e o embaixador do Brasil em Portugal, Luiz Alberto Machado, sairam extremamente otimistas com novos voos da companhia de Cabo Verde para o Brasil. “Já temos voos deles de Recife e Fortaleza para a Europa, com conexão rápida na Ilha do Sal, e agora estudamos a chegada da TACV também em Salvador. Esperamos que o novo voo comece até junho”, disse.

O diretor não poderia deixar de lembrar do potencial do Brasil nesta BTL, o destaque do pavilhão internacional. “Um estande bem localizado e que mostra a amplitude do destino Brasil. Nós da Embratur pedimos a Fátima Vila Maior, diretora da BTL, para que colocasse os estados que investiram em estandes independentes para ficarem próximos da Embratur, como Ceará, Bahia e Rio Grande do Norte, criando um grande ambiente brasileiro na feira”, finalizou.