A NAFSA é realizada anualmente nos EUA e conta com a participação de assessores internacionais de universidades e instituições de ensino superior, especialistas em educação internacional e líderes universitários

Para fortalecer a promoção do Brasil como um destino de estudos e de intercâmbios, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) vai levar 26 coexpositores da área educacional para a NAFSA (Associação Internacional de Educadores), que acontecerá entre os dias 25 e 30 de maio em San Diego, nos Estados Unidos.

“O turismo de estudos e intercâmbio ocupa uma posição estratégica para a Embratur, pois contribui para fortalecer a imagem positiva do Brasil, incrementa a entrada de turistas e divisas, além de estabelecer fortes vínculos entre a comunidade acadêmica internacional e o País”, afirma o diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Lomanto.

O evento, que ocorre anualmente, se configura como uma oportunidade para promoção, exposição e divulgação dos países participantes como destinos educacionais junto aos principais mercados emissores de estudantes.

Durante a NAFSA, serão realizados workshops e conferências referentes aos mais diversos temas relacionados à educação internacional, como a intercâmbio estudantil, cooperação acadêmica, recrutamento de estudantes e divulgação de listas internacionais das principais universidades.

Entre as ações apresentadas na feira, está também a “Vivência Brasileira”, uma parceria entre a Embratur e o Ministério das Relações Exteriores, para propiciar um encontro com o intuito de estreitar relacionamento com os expositores. O tema principal da Vivência será as Festas Juninas.

“Essa ação é tida pela Embratur como uma oportunidade única de promover e divulgar a cultura brasileira para o público da NAFSA, que são formadores de opinião internacionais. Segundo dados do Ministério do Turismo, o segmento da cultura é um dos principais motivos de viagens de turistas estrangeiros ao Brasil”, destacou Lomanto.

Sobre a feira

A NAFSA é uma associação que promove a educação internacional e o intercâmbio de estudantes. Com mais de 10 mil membros nos Estados Unidos e outros países, sua missão é atuar junto às instituições e organizações engajadas na educação internacional e intercâmbio. Uma vez por ano, a entidade realiza o evento, com ciclos de palestras e pavilhão expositivo e é considerada a maior feira do segmento Intercâmbio. A feira é visitada por mais de 8 mil pessoas e conta com mais de 400 expositores.

Turismo de Intercâmbio

A Embratur promove o segmento de estudos e intercâmbio desde 2005, por meio de ações, acordos de cooperação, participações em eventos, oficinas de capacitação, entre outros. O Turismo de Intercâmbio é gerenciado pela Coordenação Geral de Acompanhamento e Estruturação de Produtos do Instituto.

O potencial do Brasil como destino educacional vem crescendo nos últimos anos. De acordo com o programa Open Door do Institute of International Education (IIE), o Brasil recebeu 4.060 estudantes norte-americanos em 2012. O estudo afirma ainda que o país ocupa a 14º posição no ranking dos 25 países latino-americanos que mais recebem estudantes norte-americanos.

Mercado norte-americano

Os Estados Unidos são o segundo maior emissor de turistas para o Brasil. Em 2012, mais de 580 mil norte-americanos visitaram o País. Atualmente, existem mais de 200 frequências semanais de voos entre os dois países.

ASCOM/Embratur