Embratur e aéreas definem ações para alavancar fluxo de europeus

0
36
Gilson Lira (ao centro), diretor Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur, com os representantes da Air France, durante o primeiro dia da feira Top Resa, em Paris - Imagem: Divulgação

Investimento de empresas aéreas em aeroporto cearense facilitam chegada de turistas ao país

A Embratur e o consórcio de empresas aéreas Air France, KLM e Gol começaram a alinhar, nesta terça-feira (26) em Paris (França), estratégias para impulsionar a procura, por parte dos turistas europeus, dos voos que serão oferecidos a partir de maio de 2018, em direção ao aeroporto de Fortaleza. A ideia é que, a partir desse hub que será montado na capital cearense, os visitantes possam acessar, através da malha da empresa brasileira, a outros pontos turísticos do Nordeste e do resto do país.

Esse primeiro encontro foi coordenado pelo diretor de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur, Gilson Lira, no primeiro dia da feira de turismo Top Resa, em Paris. Pela Air France, Jérôme Jacquemard e Valérie Le Quillec foram os representantes.

“Precisamos modernizar a atuação da Embratur, e a abertura de parcerias com a companhias aéreas é um grande passo nesse sentido”, reforça Vinicius Lummertz, presidente da Embratur. “Temos um grande potencial, e o mercado internacional está reconhecendo isso. Precisamos gerar um ambiente favorável para atrair investimentos como esses”, completou Lummertz.

“A Air France acredita no potencial do mercado brasileiro. O mercado francês e europeu são muito importantes para o turismo no nosso país. Esse hub e a possibilidade de parcerias com as companhias aéreas podem trazer muitos avanços para o panorama do turismo brasileiro”, afirmou o diretor Gilson Lira.

Existe a possibilidade de realização de um workshop para agentes de viagens e operadoras, em parceria entre as empresas a Embratur e a embaixada do Brasil. Também deverão ser feitas press trips com jornalistas franceses para um melhor entendimento das novas rotas. Os franceses deverão enviar até o final do próximo mês um plano de marketing para ser analisado pela Embratur. O principal foco será a promoção digital e o ideal, de acordo com Gilson Lira, é que essas ações sejam feitas a partir de março de 2018.

Ascom MTur